cinema

Filmes que estreiam em streaming e em cinemas drive-in podem concorrer aos Óscares

A Academia voltou a alterar as regras para os projetos que possam ser elegíveis aos prémios, tudo devido à pandemia.
Há novas regras para os Óscares.

Vários são os filmes que estão a adiar as datas de estreia, muitos devido a receitas de bilheteira, outros por causa da próxima edição dos Óscares. A pandemia já levou a algumas alterações nos prémios maiores do cinema e as mais recentes foram conhecidas esta quarta-feira, 7 de outubro. Os projetos que fiquem disponíveis em streaming e passem pela primeira vez em drive-in podem ser elegíveis.

Uma das apostas de várias distribuidoras têm sido os eventos ao ar livre onde as pessoas conseguem ver os filmes no interior de carros. Segundo a revista americana “KyrNews”, os drive-in passam a ser equiparados a cinemas tradicionais. Os filmes que estreiam aqui podem ser considerados válidos a entrar na corrida aos Óscares.

Ainda assim, continua a ser preciso que sejam exibidos neste formato durante sete dias seguidos. Outra das mudanças inclui os filmes que estrearam em streaming. A Academia apenas quer que lhes sejam disponibilizados os projetos 60 dias após serem lançados nos serviços.

A cerimónia está marcada para 25 de abril de 2021, um pouco mais tarde do que é comum. Os filmes elegíveis têm de estrear nos cinemas, ou destas novas formas aceites, até 28 de fevereiro do próximo ano.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT