Cinema

Ilhas Faroé inauguram lápide em honra do James Bond de Daniel Craig

A despedida do ator do papel de 007 foi comemorada com um monumento no local de filmagem de “Sem Tempo Para Morrer” no país.
Vai ser um novo marco turístico

“007: Sem Tempo Para Morrer” fica para a história como o último filme com Daniel Craig no papel do espião mais famoso do planeta. O governo das Ilhas Faroé decidiu eternizar o marco com uma lápide em honra da personagem.

O túmulo é simbólico da morte do agente. “Em memória de James Bond, 1962-2022”, pode ler-se inscrito na pedra.

O local foi usado para as filmagens do mais recente filme da saga Bond. A lha de Kalsoy foi cenário do lar do vilão Lyutsifer Safin, que acaba por matar Bond no filme.

“Os locais decidiram eles próprios erguer uma lápide em memória do espião”, diz um comunicado das autoridades. “A lápide é feita de basalto local e foi preparada por um pedreiro da vila de Skopu. Foi depois transportada para Kalsoy, onde Bond esbarrou com o destino em ‘Sem Tempo Para Morrer’.”

A lápide foi inaugurada pelo próprio primeiro-ministro das ilhas na quarta-feira, 23 de março. Trata-se de uma réplica da lápide dos pais de Bond, exibida em “Skyfall”. Inscrita na pedra está também a frase: “A função do homem é viver, não apenas existir”. 

Será, a partir de agora, também um marco turístico que os visitantes podem conhecer. No site do turismo das ilhas, existe já uma excursão especial sob o tema Bond e que passa pelas ilhas de Borðoy e Kalsoy, mas também pelo estreito de Kalsoyarfjørður.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT