Cinema

“Intrusão”: o novo thriller da Netflix é só para os verdadeiros fãs de suspense

Um casal muda-se para uma nova casa, que é suposto ser um sonho, até ser invadida por criminosos perigosos.
"Intrusão" já pode ser visto na Netflix.

Chris Sparling é o argumentista que escreveu filmes como “Enterrado”, “O Mar de Árvores” ou “ATM – Armadilha Mortal”. Agora, o autor está de volta aos thrillers com “Intrusão”, que estreou na Netflix a 22 de setembro. Foi realizado por Adam Salky.

Freida Pinto e Logan Marshall-Green interpretam Meera e Henry Parson, um casal que acaba de se mudar de Boston para uma casa de sonho, luxuosa e remota, no estado soalheiro do Novo México.

Foi o próprio Henry que a desenhou, já que ele é arquiteto — em parte para assegurar que ambos conseguissem ter um novo começo depois da difícil recuperação do cancro da mama que Meera, que é terapeuta, teve de atravessar recentemente.

Certo dia, pouco tempo depois de se mudarem, vão jantar fora. Quando regressam a casa, descobrem que a propriedade foi assaltada, embora os intrusos só tenham levado um computador portátil e dois telemóveis.

Assustados com tudo aquilo, o casal apressa-se a mandar instalar um sistema de alarme que coloque a casa em segurança. Contudo, rapidamente acontece outra invasão, desta vez enquanto Meera e Henry estão a dormir no seu quarto.

Este segundo assalto tem contornos muito mais violentos — e descobre-se que os três criminosos são trabalhadores locais que estiveram relacionados com a construção da habitação. Os seus cadastros são longos e pesados. Além disso, percebe-se que todos estão ligados a uma jovem mulher que desapareceu misteriosamente um mês antes de esta narrativa começar.

Traumatizada e abalada por tudo aquilo, Meera começa a investigar por sua conta o que pode estar por trás deste desaparecimento e das ações destes três homens, percebendo que há um mistério mais profundo do que pensava à partida — mas o mais chocante é que começa a achar as ações do seu marido como preocupantes e inexplicáveis.

“Intrusão” não está a ser particularmente elogiado pela crítica, que o tem descrito como um thriller vulgar e com pouca dimensão, que inclui diversos clichés do género. Ainda assim, mesmo que não seja propriamente inovador ou arrojado, deverá entreter e ter qualidade suficiente para que seja bastante visto na Netflix.

O elenco inclui ainda Robert John Burke, Sarah Minnich, Mark Sivertsen, Megan Elisabeth Kelly, Hayes Hargrove, Clint Obenchain ou Yvette Fazio-Delaney, entre outros.

Carregue na galeria para conhecer outros dos filmes que vão estrear até ao final do ano.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT