Cinema

Já estreou “Titane”, o grande vencedor do Festival de Cannes

Este filme bastante bizarro acompanha uma assassina em série que finge ser o filho perdido de um pai desolado.
A personagem principal faz sexo com carros.

O Festival de Cannes trouxe-nos bastantes surpresas e marcos históricos. Uma delas foi “Titane”, um filme franco-belga. Realizado por Julia Ducournau, o filme foi premiado com a Palma de Ouro na edição de 2021 no festival de cinema francês. “Titane” estreou esta quinta-feira, 7 de outubro, nos cinemas portugueses.

A história bastante bizarra acompanha um pai que após vários crimes sem explicação, volta a encontrar-se com o que achava ser o seu filho perdido há dez anos. O espetador sabe, no entanto, que este é, na verdade, uma assassina em série chamada Alexia, que tapou os seios, rapou o cabelo, partiu o nariz, incendiou a própria casa com os pais lá dentro e fez-se passar por um rapaz para fugir aos crimes. Aquela personagem engravidou misteriosamente de um carro, e tenta esconder isso a todos os custos do seu novo pai.

“Para dar a ‘Titane’ a sua forma definitiva, concentrei-me na ideia de que através de uma mentira, podes dar vida ao amor e à humanidade. Quis fazer um filme que, pela sua violência, pudesse parecer ‘desagradável’ a princípio, mas que depois nos levasse a apegar-nos às personagens e, em última análise, a receber o filme como uma história de amor. Ou melhor, uma história sobre o nascimento do amor”, diz a realizadora.

Este projeto fez história ao render a Julia Ducournau a Palma de Ouro, tornando-a assim na segunda mulher a vencer o prémio na história da cerimónia. A primeira foi Jane Champion, em 1993, com o filme “O Piano”.

O elenco conta com Vincent Lindon, Agathe Rousselle, Garance Marillier, Marin Judas, entre outros.

Pode carregar na galeria para descobrir outros filmes que chegam a Portugal até ao fim do ano.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT