Cinema

Já pode ver o primeiro trailer do filme de animação de “Watchmen”

Após o sucesso da série da HBO, a produção da Warner Bros. quer ser fiel à banda desenhada. Vai ser dividida em duas partes.
Ainda não há data de estreia.

Quando a banda-desenhada “Watchmen” foi adaptada para um filme, em 2009, a reação não foi muito positiva. Tudo mudou em 2020, quando Damon Lindelof, um dos responsáveis por “Lost”, pegou na história mítica dos anos 80 e criou uma história baseada neste universo, mas que se passa 30 anos depois. O resultado foram várias estatuetas douradas nos Emmy.

Após o sucesso da série da HBO, a A Warner Bros. anunciou que vai voltar a adaptar a banda desenhada original, mas desta vez em formato animado. O primeiro trailer da longa-metragem, que vai ser dividida em duas partes, foi lançada na sexta-feira, 14 de junho. Ainda não é conhecida a data de estreia oficial.

Produzido pela WB Animation, esta adaptação será mais fiel à história original do que o live-action de 2009.  A narrativa história segue duas gerações de super-heróis numa realidade paralela, dos anos do pós-Guerra até aos tempos sombrios da Guerra Fria: os EUA venceram a guerra do Vietname, Nixon ainda é presidente e a Guerra Fria está no seu auge.

O universo de “Watchmen” foi criado nos anos 80 pelo escritor Alan Moore e o ilustrador Dave Gibbons — o primeiro volume foi publicado pela DC Comics em 1986. Em 2009, esta história negra e obscura de super-heróis foi adaptada ao cinema num filme de Zack Snyder, mas sem grande sucesso. 

Esta é uma saga sobre homens e mulheres que se mascaram — tal como os super-heróis fazem nas histórias clássicas que conhecemos — para lutar contra o crime. Foi uma prática que começou nos anos 30 nos EUA, e os Watchmen tanto tiveram momentos de glória na sociedade, ajudando as autoridades oficiais, como fases decadentes, em que eram mal vistos por toda a gente. 

“Watchmen” é a única saga de banda desenhada a figurar na lista da revista “Time” dos 100 melhores livros de sempre. Na verdade, acabou por ser vítima do próprio sucesso. Na altura da publicação de todos os contos num único volume, em 1987, Alan Moore e Dave Gibbons assinaram um contrato com a DC Comics para que os direitos do livro e das respetivas personagens voltassem a ser seus assim que parassem as edições durante um ano.

Para garantir que isso não acontece, a DC Comics lança uma reedição todos os anos desde essa altura. Alan Moore tem uma péssima relação com a empresa — pelo que o seu nome não está associado a nenhum dos vários spinoffs e adaptações que foram criados nos últimos anos. Ainda assim, o colega Gibbons é consultor nesta série.

Carregue na galeria para conhecer algumas das séries e temporadas que estreiam em junho nas plataformas de streaming e canais de televisão.

 

 

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT