Cinema

Paul Mescal, Pedro Pascal e Denzel Washington. Chegou o trailer de “Gladiador 2”

A sequela é também realizada por Ridley Scott. O primeiro filme, que estreou em 2000, foi nomeado para 11 Óscares e arrecadou cinco.
Paul Mescal interpreta Lucius.

Volvidos 24 anos sobre a estreia do primeiro filme, chegaram as muito aguardadas primeiras imagens de “Gladiador 2”. O trailer foi divulgado esta terça-feira, dia 7 de julho. A sequela de “Gladiador”, igualmente realizada por Ridley Scott, chega às salas de cinema nacionais a 21 de novembro. A produção conta com um elenco de luxo, incluindo o trio de protagonistas Paul Mescal, Pedro Pascal e Denzel Washington.

“Anos após testemunhar a morte do venerado herói Maximus — seu pai — às mãos do seu tio, Lucius (Paul Mescal) é forçado a entrar no Coliseu depois de a sua casa ter sido conquistada pelos tirânicos imperadores que agora lideram Roma com firmeza. Com um sentimento de revolta e o futuro do Império em jogo, o gladiador terá de olhar para o seu passado como forma de encontrar força e devolver a honra e glória de Roma ao seu povo”, adianta a sinopse.

O projeto do universo Paramount é um seguimento da longa-metragem de 2000, que seguiu Maximus Decimus Meridius (Russell Crowe), um antigo general forçado a ser um gladiador sob o domínio de Commodus (Joaquin Phoenix), o autonomeado Imperador de Roma. Desta vez, o protagonista (Lucius) é interpretado por Paul Mescal. O ator irlandês de 29 anos estreou-se na série “Normal People”, pela qual ganhou um prémio BAFTA e recebeu uma nomeação Emmy. Também encarnou Ed Munson, na quarta temporada do fenómeno “Stranger Things”, da Netflix.

O elenco conta ainda com Pedro Pascal (Marcus Acacius, um general romano que treinou sob o comando de Maximus), Denzel Washington (Macrinus, um homem ligado ao poder de Roma, dono de gladiadores), Joseph Quinn e Fred Hechinger (Caracala e Geta, os imperadores gémeos de Roma). Do filme anterior regressam ainda Derek Jacobi (senador Gracchus) e Djimon Hounsou (Juba).

O primeiro “Gladiator”, realizado por Ridley Scott, foi uma coprodução com a Universal. Arrecadou 425 milhões de euros nas bilheteiras e foi nomeado para 11 Óscares, arrecadando cinco estatuetas, incluindo a de Melhor Filme e Melhor Ator para Crowe, em 2001.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT