Cinema

Lesões das estrelas “Jackass” já custaram mais de 20 milhões em contas de hospital

De mordidelas de crocodilos a vértebras partidas. A lista é verdadeiramente impressionante. E vem aí mais um filme.
Eles são doidos

Durante mais de 20 anos, as estrelas de “Jackass” colocaram a sua saúde — física e mental — em risco para nos manterem entretidos. A loucura, porém, não chegou sem uma pesada fatura, neste caso do hospital.

Um estudo realizado pela Nova Legal Fundind— uma empresa americana que fornece empréstimos a quem precise de dinheiro para avançar com ações judiciais — analisou cada um dos episódios e filmes da série criada pela MTV e chegou a uma conclusão chocante. Os tratamentos para curar as 79 lesões sofridas pelos protagonistas custariam acima de 20 milhões de euros.

Estas lesões estão distribuídas apenas pelos sete principais nomes de “Jackass”, Johnny Knoxville, Steve-O, Chris Pontius, Ehren McGhehey, Dave England, Jason Acuña e Preston Lacy. Feitas as contas, contam-se 28 ossos partidos e até uma mordidela de crocodilo.

No topo da lista está Knoxville, o líder do grupo, com uma fatura de mais de seis milhões de euros. Foi ele que teve um encontro imediato com um crocodilo, mas chegou também a sofrer uma hemorragia cerebral durante as filmagens de “Jackass Forever”, que se juntam a 16 concussões cerebrais e um tornozelo partido.

McGehey, por exemplo, partiu o pescoço por três vezes. Já o intrépido Steve-O, chegou mesmo a ter uma fratura craniana. As lesões não vão ficar por aqui, mesmo que as estrelas de “Jackass” já não tenham propriamente idade para estas andanças.

Os atores e duplos na casa dos 40 vão regressar para mais um filme, “Jackass Forever”, que depois de sucessivos adiamentos, deve chegar aos cinemas a 4 de fevereiro de 2022.

Recorde também a louca história dos 20 anos do grupo que se tornou num sucesso improvável, que desafiou os censores americanos e que viveu a vida no limite.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT