Cinema

De “Marés Vivas” para “Aquaman”, a vida do nadador-salvador Jason Momoa

O novo filme da DC Comics estreia esta quinta-feira, 13 de dezembro.
"Aquaman" foi realizado por James Wan.

Quando tinha 15 anos — antes de ser ator — Jason Momoa era o nadador-salvador mais novo da Costa do Golfo. Afinal, a água sempre lhe esteve no sangue. Momoa nasceu em 1979 em Honolulu, na ilha do Havai, que também pertence aos EUA.

É filho de um pai havaiano, um pintor, e de uma mãe fotógrafa, uma americana do Iowa com origens alemãs. Jason Momoa cresceu no Iowa mas mudou-se durante a adolescência para o Havai.

Já fazia trabalhos como modelo, mas foi lá que fez um casting para a décima temporada da série icónica “Marés Vivas”, em 1999, um spinoff da série de Hasselhoff que se passava no Havai. Tinha, na altura, 19 anos. Conseguiu o papel e bateu dezenas de concorrentes. Juntou-se ao projeto perto do fim, mas ainda participou em 44 episódios.

Apesar de ter sido um nadador-salvador na vida real, o que conquistou os diretores de casting e a equipa de produção foi a aparência de Momoa — e não as suas capacidades de natação. Era o mais novo da série e, claro, aquele que sabia nadar melhor.

Em “Marés Vivas” era Jason Ioane, um papel que não lhe garantiu sucesso nenhum no mundo da televisão e do cinema. O mais importante foi ter servido para despertar a paixão pela representação.

“Eu tinha 19 anos e andava a correr sem roupas a salvar pessoas, foi maluco. Mas deu-me a minha paixão pela representação, apaixonei-me a partir daí”, disse o ator numa entrevista à rádio 1 da BBC.

jason momoa
Era o mais novo da série.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT