Cinema

Matt Damon faz um dos melhores papéis da carreira no novo filme “Stillwater”

A história, do realizador de “Spotlight”, é inspirada no misterioso caso real de Amanda Knox. O ator dá vida ao pai da jovem.
Matt Damon é o protagonista.

Em 2007, um caso de crime abalou os EUA. Uma jovem americana que estava a estudar em Itália foi detida pelo homicídio da colega de quarto. O seu nome era Amanda Knox e a história rapidamente se tornou internacionalmente mediática. Mais tarde, a Netflix faria um documentário sobre o caso, que estreou em 2016.

Amanda Knox passou quatro anos na prisão em Itália. Em 2015, foi absolvida por um tribunal italiano de alta instância. Entre o momento que foi detida e a sua libertação, a sua vida mudou por completo. Os pais mudaram-se temporariamente para Itália e toda a família teve de pedir empréstimos e hipotecar as propriedades para conseguirem pagar as enormes despesas legais. A culpa de Amanda Knox permaneceu uma dúvida para muitos dos que acompanharam o caso.

Uma das pessoas que foi seguindo o processo e se deixou fascinar pela história foi o cineasta Tom McCarthy, o mesmo que dirigiu “O Caso Spotlight”, que venceu o Óscar de Melhor Filme em 2016.

“Havia tantas personagens à volta do caso que acompanhei tudo muito de perto”, diz em entrevista à revista “Vanity Fair”. “A primeira coisa que retirei disto foi: ser uma estudante americana e ir para a Europa para o que era suposto ser um dos momentos mais entusiasmantes da vida de uma jovem adulta e acabar envolvida naquela tragédia, como seria? Havia tantas camadas no caso que toda a gente que o seguia estava bastante atento. Quem são as pessoas que a visitam, e que ligações são essas? Qual é a história à volta da narrativa?”, explicou o realizador de 55 anos.

O que mais intrigou Tom McCarthy foi a relação de Amanda Knox com o pai. Juntou-se aos argumentistas franceses Thomas Bidegain e Noé Debré (além de Marcus Hinchey) para desenvolverem um guião centrado nesta premissa da vida real, mas que ficcionava tudo o resto.

O resultado é “Stillwater”, filme que estreou em Portugal esta quinta-feira, 13 de janeiro. Não foi para os cinemas, mas encontra-se disponível no videoclube digital da NOS. Matt Damon é o protagonista, ao interpretar o pai de uma jovem que dá por si numa situação semelhante à de Amanda Knox.

“Decidimos: vamos deixar a história da Amanda Knox para trás. Mas deixa-me pegar nesta parte da história — uma mulher americana a estudar no estrangeiro envolvida nalgum tipo de crime sensacionalista que acaba por ir parar à prisão — e ficcionar tudo à volta”, acrescenta McCarthy.

“O mais interessante para [o Tom McCarthy] foi o que se passa depois de todas as câmaras desaparecerem, e o que acontece à família”, explicou Matt Damon, noutra entrevista à mesma publicação. “Depois criaram esta história de um homem rude do Oklahoma que tem uma relação tensa com a filha, e carrega todo este luto, vergonha e dor. Havia causado problemas no relacionamento e estava a tentar redimir-se no contexto de a filha ter ido parar à prisão. Sente-se um bocado responsável pelo que lhe aconteceu e pelo rumo que a vida dela levou. Achei isso bastante interessante de explorar num filme.”

Em “Stillwater”, a jovem adulta que está detida por causa de um crime violento chama-se Allison (e é interpretada por Abigail Breslin). Não foi estudar para Perugia, em Itália, mas sim para Marselha, em França. Está presa há cinco anos e não tem as mesmas condições de proteção legal de que Amanda Knox pôde usufruir. Só tem o pai Bill Baker (Matt Damon), com quem não tem a melhor das relações.

Bill é um americano conservador de uma zona rural do País. Não tem qualquer relação com França ou com a língua francesa, e os argumentistas optaram por as explorar tensões raciais e políticas entre o protagonista e a cidade de Marselha. Eventualmente, acaba por encontrar algum consolo numa atriz francesa que conhece (que também tem uma filha).

O enredo tem diversas reviravoltas e muitas delas, assume Tom McCarthy, foram inspiradas por podcasts de true crime — onde são contadas histórias reais e intrigantes de crimes hediondos ou que ocorreram wm circunstâncias misteriosas. “Estes podcasts são brilhantes porque normalmente há uma personagem central que te leva para todo o lado. Nunca vai para onde esperas que vá.”

Matt Damon está a ser muito elogiado pelo papel que faz neste projeto — várias publicações especializadas dizem até que é um dos melhores papéis da sua carreira. O elenco de “Stillwater” inclui ainda Camille Cottin, Lilou Siauvaud ou Deanna Dunagan, entre outros.

Carregue na galeria para conhecer outras novidades para ver na televisão ou nas plataformas de streaming.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT