Cinema

Morreu Michael Apted, cineasta de “007”

O britânico, que também ficou conhecido pela série documental “Up”, tinha 79 anos.
Também foi ator.

Michael Apted, conhecido pela série documental “Up” e pelo seu trabalho na saga “007 — O Mundo Não Chega” (1999), morreu esta sexta-feira, 8 de janeiro. A informação foi avançada pelo agente, que não indicou a causa da morte. O cineasta britânico tinha 79 anos.

A carreira de Apted fica também marcada por “A Filha do Mineiro” (1980), sobre a vida da cantora “country” Loretta Lynn, que valeu um Óscar à atriz Sissy Spacek; “Gorilas na Bruma” (1988); e “As Crónicas de Nárnia: A Viagem do Caminheiro da Alvorada” (2010), entre outros.

No Reino Unido destacou-se pela “The Up Series”, na qual registou a cada sete anos a evolução de 14 crianças britânicas de diferentes origens sócio-económicas, desde os sete anos, quando o projeto teve início em 1964, até aos seus 63 anos.

“Estamos profundamente tristes com a notícia da morte de Michael Apted”, disse Kevin Lygo, diretor da ITV, rede que transmitiu os documentários. “A série ‘Up’ mostrou tudo de bom que a televisão pode dar na sua ambição e na sua capacidade de ser o espelho da sociedade e de entreter as pessoas, ao mesmo tempo que enriquece a nossa perspectiva sobre a condição humana”, continuou

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT