Cinema

MOTELX: o festival de terror de Lisboa vai ter cinema ao ar livre

O evento anunciou as primeiras novidades da programação para este ano, que incluem o filme "Get Out".
"Get Out" estreou em 2017.

O MOTELX — Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa regressa ao Cinema São Jorge entre 7 e 14 de setembro. É a 14.ª edição deste evento de culto que, necessariamente, terá de ser diferente por causa da pandemia — com lotação reduzida, sessões mais espaçadas e dois dias extra para que o público consiga desfrutar do festival com mais conforto e segurança.

A organização anunciou esta terça-feira, 21 de julho, as primeiras novidades da programação. Vai haver uma retrospetiva sobre o racismo e o cinema de terror, com uma seleção de sete filmes que são considerados “precursores” do movimento Black Lives Matter.

É o caso de “Get Out”, o popular filme de Jordan Peele que estreou em 2017; mas também “Tales from the Hood”, de Rusty Cundieff; “Candyman”, de Bernard Rose; “The People Under the Stairs”, de Wes Craven; “White Dog”, de Samuel Fuller; “Ganja & Hess”, de Bill Gunn; e “The Intruder”, de Roger Corman.

O MOTELX só vai anunciar os filmes que estarão em competição no próximo mês de agosto. Como habitual, vai ser entregue o Prémio Melhor Longa de Terror Europeia / Méliès d’Argent e o Prémio MOTELX — Melhor Curta de Terror Portuguesa, que dará ao vencedor um prémio de cinco mil euros. Este ano, o prazo de inscrições foi prolongado até 2 de agosto.

O realizador português Pedro Costa vai ser homenageado nesta edição — afinal, o MOTELX acabou por nascer na sequência de um ciclo promovido pelo Cineclube de Terror de Lisboa (CTLX) na Cinemateca Portuguesa, com a exibição de “Ossos”. Nesta edição, vai poder ver “Ne Change Rien” e “Cavalo Dinheiro”, além de estar prevista uma conversa com o cineasta.

A secção Serviço de Quarto vai conter filmes da nova vaga de terror feminino — é um recorde do número de filmes realizados por mulheres. Entre os destaques encontram-se “Saint Maud”, de Rose Glass; “Relic”, de Natalie Erika James; e “The Trouble With Being Born”, que é descrito como “uma antítese da história de Pinóquio em versão sci-fi que causou controvérsia no último Festival de Berlim”, e que foi realizado por Sandra Wollner.

Esta secção vai ter ainda o regresso de Takashi Miike naquele que se estima ser o seu 104.º filme. “First Love”, que estreou na Quinzena dos Realizadores de Cannes, é descrito como “uma louca mistura de drogas, sangue, gore, romance e humor negro e um regresso ao estilo hiperbólico que o tornou um favorito dos festivais”.

O MOTELX anunciou ainda que na secção Doc Terror o público vai poder assistir a “Scream, Queen! My Nightmare on Elm Street”, um documentário sobre Mark Patton e o seu papel enquanto primeiro Scream Queen masculino em “A Nightmare on Elm Street 2: Freddy’s Revenge”, que hoje é um clássico do cinema LGBT.

Pela primeira vez, o festival também vai ter um programa de curtas experimentais — dedicado a narrativas distintas e alternativas que usem técnicas revolucionárias ou novas linguagens para contar uma boa história de terror (e talvez causar muitos pesadelos aos espectadores).

Como sempre, vai haver ainda um programa de warm-up do MOTELX, com três eventos gratuitos e ao ar livre. A 3 de setembro, o Convento de São Pedro de Alcântara acolhe “A Mulher-Sem-Cabeça”, uma performance/concerto a partir de um texto de Gonçalo M. Tavares com ilustrações ao vivo feitas por António Jorge Gonçalves e voz do MC Papillon.

Na noite seguinte, o festival vai até ao Espaço Brotéria para um jantar encenado a partir de um texto de Fernando Pessoa relativamente desconhecido do público: “Um Jantar Muito Original” (assinado pelo semi-heterónimo Alexander Search).  É um projeto que “recria o lado mais negro de Pessoa” e que vai contar com supervisão artística de Albano Jerónimo e a estreia em encenação de Matilde Carvalho e Rita Poças.

Já a 5 de setembro — dois dias antes do arranque oficial do festival — vai haver uma sessão de cinema ao ar livre no Largo Trindade Coelho. O filme será anunciado em breve, assim como todas as restantes informações.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT