Cinema

“Navalny”: documentário sobre o opositor de Putin está na HBO Max

A produção aborda a investigação em torno da tentativa de assassinato em 2020. Venceu um Óscar.
Venceu um Óscar.

“Se decidirem matar-me, é porque somos incrivelmente fortes.” As palavras fortes de Alex Navalny fazem parte do documentário que estreou em 2022 sobre a luta do advogado contra o regime de Vladimir Putin na Rússia. O ativista morreu esta sexta-feira, 16 de fevereiro, na prisão onde cumpria uma pena de 19 anos por atividades consideradas extremistas.

Embora o Kremlin alegue que não sabe quais foram as causas da morte, ainda não é claro se Navalny morreu ou se foi assassinado, à imagem do que já aconteceu com outros opositores de Putin. Segundo um comunicado da prisão na Sibéria, onde estava detido a dois mil quilómetros de Moscovo, Alex Navalny sentiu-se mal durante um passeio diário e perdeu de imediato os sentidos. Terá sido assistido pelos médicos durante 30 minutos, de acordo com as fontes oficiais, mas sem sucesso. Tinha 47 anos.

No dia da sua morte, milhões de pessoas em todo o mundo passaram a conhecer esta incrível história de vida. Uma das melhores sugestões para saber mais sobre a situação política atual na Rússia é através do documentário “Navalny”, que está disponível em Portugal na plataforma de streaming HBO Max. O filme venceu o Óscar de Melhor Documentário no ano passado.

Durante a cerimónia dos Óscares em 2023, Navalny já estava preso na Sibéria. O prémio foi recebido pela mulher do político, Yulia Navalnaya. “O meu marido está na prisão por dizer a verdade. O meu marido está na prisão por defender a democracia. Alexei, sonho com o dia em que estejas livre”, disse no discurso, perante uma plateia que se levantou em peso para a aplaudir.

A produção centra-se em eventos que aconteceram em 2020, quando o ativista foi transferido para um hospital alemão após uma tentativa de envenenamento. No filme, podemos acompanhar os meses de recuperação de Navalny, a investigação em torno do atentado e o regresso a casa.

Realizado por Daniel Doher, o documentário tem entrevistas impactantes ao próprio Navalny, a familiares e a testemunhas de acontecimentos históricos. São ainda revelados vários relatórios que fazem parte de um trabalho jornalístico das plataformas noticiosas Bellingcat e CNN.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT