Cinema

De Niro e Joaquin Phoenix desentenderam-se durante as gravações de “Joker”

A lenda de Hollywood foi obrigada a usar o estatuto para controlar o protagonista.

Ao que parece, as gravações de “Joker” foram quase tão atribuladas quanto o caminho descendente de Arthur Fleck a vilão da cidade de Gotham. Segundo um perfil de Phoenix da “GQ”, o ator teve um desentendimento com Robert de Niro, que obrigou o veterano a usar o estatuto para encerrar o assunto.

Tal como acontece em todas as produções, foi agendada uma reunião onde todos os elementos do elenco estariam presentes — e onde todos leriam o argumento e as suas respetivas falas. Joaquin Phoenix é que não gostou muito da ideia. “Não vou fazer essa merda de maneira nenhuma”, terá dito o ator.

A reação, explica o autor do perfil de Phoenix, não se tratou de uma forma de desrespeito para com De Niro, que é até um dos atores preferidos do protagonista de “Joker”. A verdade é que a atitude incomodou a lenda de Hollywood, que deixou as regras bem claras.

“Digam-lhe que ele é um ator e que tem que estar aqui. Gosto de ouvir o filme todo e vamos meter toda a gente numa sala para o ler”, terá dito.

Apesar da relutância, a reunião aconteceu mesmo e teve lugar nos escritórios da empresa de De Niro.

Este não foi o único caso polémico a envolver Phoenix durante as filmagens da produção que lhe valeu a conquista do Óscar para Melhor Ator. Foi recorrentemente acusado de abandonar o set de gravações a meio das cenas e até durante a maquilhagem. O comportamento acabou por motivar o responsável pela continuidade das cenas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT