Cinema

Novo documentário da Netflix foca-se na transferência de Luís Figo para o Real Madrid

Assinou contrato com o Barcelona em 1995. Cinco anos depois, juntou-se ao clube rival, o que originou uma grande polémica.
Chega à Netflix a 25 de agosto.

Em 1995, o futebolista português Luís Figo assinou com o Barcelona. Cinco anos depois, juntou-se ao principal rival do clube, o Real Madrid. Esta transferência polémica fez furor em todo o mundo. A história será contada num novo documentário da Netflix. “O Caso Figo: A Transferência Que Mudou o Futebol” estreia a 25 de agosto.

“Era o jogador mais cobiçado do futebol mundial quando chegou à varanda do gótico Palau de la Generalitat, a casa do presidente da Catalunha, numa noite amena de Verão em 1998. Usando o seu fato do clube, com o cabelo pintado de azul e vermelho, celebrava o mais recente campeonato conquistado pelo Barcelona diante de uma multidão delirante, agarrando o microfone e cantando: ‘Real Madrid, chorões — saúdem os campeões’, lê-se na sinopse. Após a mudança de equipa, tornou-se num dos homens mais odiados da Catalunha.

O projeto da plataforma de streaming vai contar com testemunhos de vários dos elementos envolvidos no negócio, como Figo, Paulo Futre, José Veiga (o agente do craque) e Florentino Pérez (o presidente do Real Madrid). Também contará com imagens de arquivo nunca antes vistas, gravadas em Espanha e Portugal.

“Dada a quantidade de cobertura mediática que teve na altura, é uma história que as pessoas pensam conhecer bem ou ter ideias preconcebidas, mas ficámos espantados com as reviravoltas e profundidade emocional que descobrimos ao fazer o filme. É cada vez mais difícil encontrar um documentário desportivo que diga algo novo — que não seja simplesmente uma biografia ou uma relato repetitivo do sucesso ou fracasso desportivo — mas acreditamos que ‘O Caso Figo’ é único”, dizem em comunicado os realizadores David Tryhorn e Ben Nicholas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT