cinema

Advogado de Trump é seduzido por uma jovem no novo filme de Borat

As imagens com o ex mayor de Nova Iorque Rudy Giuliani estão a ser uma bomba atómica na política americana.
O filme estreia esta sexta-feira.

Sacha Baron Cohen está de volta com o seu personagem mais famosos e polémico. O novo filme, uma continuação de “Borat: Aprender Cultura da América para Fazer Benefício Glorioso à Nação do Cazaquistão“, de 2006, estreia esta sexta-feira, 23 de outubro, na Amazon Prime. Num dos segmentos — que provocou uma tempestade política nos EUA nas últimas horas, desde que foi revelado — Borat conseguiu que uma jovem loira convencesse Rudy Giuliani, o advogado pessoal de Donald Trump e ex mayor de Nova Iorque, a segui-la para um quarto de hotel depois de uma entrevista.

A NBC News teve acesso ao filme mais cedo e divulgou a cena profundamente embaraçosa para uma das figuras mais poderosas da política americana. A atriz Maria Bakalova, de 24 anos, faz-se passar por uma repórter no filme e acaba por, alegadamente, seduzir Giuliani.  

Bakalova, que faz de filha adolescente de Borat, diz que se trata de uma entrevista sobre a pandemia, mas, depois de tirar o microfone com a ajuda da atriz, Rudy Giuliani deita-se na cama e põe a mão dentro das calças durante alguns segundos.

É Sacha Baron Cohen quem interrompe a cena em modo Borat. “Ela tem 15 anos, é velha demais para si”. “Leve-me antes a mim”, continuou. “Eu não o quero a si”, respondeu Rudy Giuliani.

No Twitter, o advogado já reagiu e acusa Cohen de ter “fabricado” a situação. Giuliani diz também que estava simplesmente a “colocar a camisa para dentro das calças”. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT