Cinema

O capítulo mais aguardado: Kate Moss vai depor a favor de Johnny Depp

A modelo britânica namorou com o ator, que agora acusa Amber Heard de difamação. O testemunho deverá acontecer na quarta-feira.
Estiveram juntos três anos.

Kate Moss, antiga namorada de Johnny Depp, será chamada a depor no polémico julgamento que opõe o ator e Amber Heard, com quem esteve casado entre 2015 e 2017. A notícia foi avançada nesta segunda-feira, 23 de maio, pelo jornal “The Post”.

De acordo com a publicação, a modelo britânica de 48 anos vai testemunhar já na próxima quarta-feira, dia 25, por videochamada.

Vale lembrar que os advogados de Depp foram vistos a celebrar quando Heard mencionou Moss durante um dos seus depoimentos. A atriz falava de uma suposta discussão com Depp, que terá ocorrido em 2015, durante a qual temeu que este a magoasse a si e à irmã. Em reação, a atriz deu um murro no marido, supostamente por estar em pânico. “Pensei logo na Kate Moss e nas escadas”, disse. 

Na altura, especulou-se que a menção de Moss dava aos advogados do ex-marido a oportunidade de dissipar o rumor de que ele teria empurrado a supermodelo pelas escadas nos anos 90, quando os dois namoravam. 

“A Amber mencionou uma ex de Johnny por achar que esta não o apoiava, o que não podia estar mais longe da verdade”, uma fonte próxima de Depp terá dito ao “The Post”.

Johnny e Kate namoraram entre 1994 e 1997. Inicialmente, a modelo não teria sido aceite como testemunha porque o alegado incidente nas escadas não terá relação direta com o caso. Porém, ao mencioná-lo oficialmente, Heard abriu a porta que os advogados de Depp quereriam. 

Leia o artigo da NiT que relata a espiral descendente que se abateu sobre a carreira de Johnny Depp. Também lhe contamos a história de Amber Heard e como o artigo na origem do processo de difamação poderá não ter sido escrito por ela. Conheça também o significado das roupas que a atriz tem vestido durante o julgamento.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT