Cinema

Novo documentário sobre Britney Spears chega na próxima semana à Netflix — e já há trailer

Está a ser trabalhado há mais de um ano e vai ter testemunhos de pessoas ligadas à cantora, bem como o auxílio de um documento confidencial. Fica disponível dia 28 de setembro.
O fim da tutela pode estar já aí.

Britney Spears tem sido uma das artistas mais faladas em 2021. A sua vida começou a ser discutida após “Framing Britney Spears”, o documentário do “The New York Times” onde se relata que a artista não tinha acesso às suas finanças e que a sua vida era controlada pelo pai, após a cantora ser submetida a uma tutela em 2008, quando se acreditava que não estava mentalmente apta para ser independente.

Agora, chegou a vez da Netflix abordar a história, em “Britney vs Spears”, que chega ao catálogo da plataforma de streaming já a 28 de setembro. Coincidentemente (ou não), a estreia acontece na vésper de a cantora testemunhar novamente em tribunal no caso que a opõe ao pai.

O trailer lançado esta quarta-feira, 22 de setembro, começa com um depoimento de Britney Spears durante a sua audição em tribunal a 23 de junho, e que resume também todo o processo jurídico pela qual a artista está a passar: “Só quero a minha vida de volta”. 

A produção realizada por Erin Carr, ao lado da jornalista Jenny Eliscu, vai explorar o interesse económico por trás da tutela, visto que, segundo um dos intervenientes, este foi o primeiro caso com o qual teve contacto em que o tutorado ainda trabalhava. “Havia um incentivo financeiro para Jamie, e para os advogados. A Britney trouxe muito dinheiro para outras pessoas”, revela outro dos entrevistados no documentário.

Embora não sejam reveladas exatamente quem são as pessoas que se sentaram para contar a história, o trailer inclui diversos teasers de pessoas a falar sobre o caso de Britney Spears. O vídeo também nos dá a entender que serão revelados documentos confidenciais, partilhados por alguém envolvido no processo.

Este caso parece estar prestes a chegar ao fim. No início deste mês, o pai da artista entregou um documento ao tribunal de Los Angeles onde pedia para pôr fim à tutela da filha, mesmo que não fosse imediato.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT