Cinema

O novo filme de Wes Anderson tem um dos melhores elencos dos últimos anos

“The French Dispatch” estreia nos cinemas esta quinta-feira. Tem atores como Timothée Chalamet, Frances McDormand, Bill Murray e Owen Wilson.
O filme estreia esta quinta-feira nos cinemas.

Ao longo de mais de 25 anos de carreira, Wes Anderson afirmou-se como um cineasta singular. Estabeleceu um cinema de autor acessível ao grande público, com grandes atores, em que a estética é extremamente cuidada. Tanto que um simples enquadramento bonito, com determinados ângulos e alguns tons pastel, pode fazer com que os fãs se lembrem imediatamente deste realizador.

Aliás, existe até uma (muito) popular conta de Instagram chamada Accidentally Wes Anderson. Reúne imagens que poderiam muito bem ser planos de um qualquer filme do cineasta americano de 52 anos.

Depois de dirigir produções como “Os Tenenbaums – Uma Comédia Genial”, “Um Peixe Fora de Água”, “The Darjeeling Limited”, “O Fantástico Senhor Raposo”, “Moonrise Kingdom”, “Grand Budapest Hotel” ou “Ilha dos Cães”, esta quinta-feira, 11 de outubro, chega aos cinemas “Crónicas de França do Liberty, Kansas Evening Sun”.

Estava pronto para estrear no ano passado, mas foi adiado por causa da pandemia e do consequente encerramento das salas em todo o mundo. Agora já pode ser visto por todos os fãs em Portugal.

Há vários anos que Wes Anderson passa grande parte do tempo em França — o realizador tem uma casa em Paris. Para este filme, juntou vários elementos que lhe são próximos.

Pegou na cultura europeia e no imaginário do cinema francês para contar uma história sobre um jornal cuja redação fica na cidade fictícia de Ennui-sur-Blasé. Como habitual, a artificialidade no trabalho de Anderson é assumida — mas também é isso que lhe dá o seu toque mágico.

“Crónicas de França do Liberty, Kansas Evening Sun” é uma ode aos jornalistas e é particularmente inspirado pelos textos e repórteres históricos da “The New Yorker”. Tanto comédia como drama, a narrativa consiste numa coleção de pequenas histórias. Foram escritas pelo próprio Anderson em conjunto com Jason Schwartzman, Roman Coppola e Hugo Guinness.

Tudo se desenrola tendo em conta que é a última edição do jornal, motivada pela morte repentina do editor Arthur Howitzer Jr. (interpretado por Bill Murray). Numa das histórias, uma jornalista (Tilda Swinton) explora o tema de um recluso insano que é um pintor de excelência (Benicio Del Toro).

Outra narrativa centra-se num protesto idêntico aos de maio de 1968. Timothée Chalamet interpreta um jovem líder revolucionário que acaba por se envolver com uma jornalista idealista que está a cobrir as manifestações (Frances McDormand).

E há ainda um episódio em que um repórter (Jeffrey Wright), preparado para uma crítica gastronómica, dá por si numa situação de reféns que muda o tom para thriller. 

O elenco de “Crónicas de França do Liberty, Kansas Evening Sun”, que é completamente de luxo, inclui ainda nomes como Edward Norton, Adrien Brody, Owen Wilson, Willem Dafoe, Christoph Waltz, Léa Seydoux, Mathieu Amalric, Liev Schreiber, Saoirse Ronan, Elisabeth Moss, Anjelica Huston ou Rupert Friend. Muitos deles fazem apenas pequenas participações.

A crítica internacional tem elogiado bastante o filme, argumentando que é um dos melhores trabalhos de Wes Anderson — e que reúne todos os elementos que o tornaram um ícone.

Carregue na galeria para conhecer os principais filmes que ainda vão estrear em Portugal até ao final do ano.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT