Cinema

“O Telefone do Sr. Harrigan”: o novo filme da Netflix baseado num conto de Stephen King

Estreia esta quarta-feira e foca-se num milionário que consegue comunicar depois da morte. Donald Sutherland é um dos atores.
Donald Sutherland interpreta um dos protagonistas.

Chama-se “O Telefone do Sr. Harrigan” e estreia na Netflix esta quarta-feira, no feriado de 5 de outubro. Trata-se de um filme escrito e realizado por John Lee Hancock a partir de um conto do mestre do terror (e do sobrenatural) Stephen King, integrado na coleção “If It Bleeds” (2020).

A narrativa centra-se numa amizade improvável. Um rapaz de uma pequena cidade americana, Craig, torna-se amigo de um idoso multimilionário e reservado. Conhecem-se porque Craig começa a ajudar o senhor Harrigan com algumas tarefas em casa. Além de lhe pagar pelos biscates, o homem oferece-lhe ocasionalmente bilhetes de lotaria.

Certo dia, um dos bilhetes vem com um prémio e Craig decide usar o dinheiro para comprar um iPhone para o senhor Harrigan — ele que sempre foi bastante avesso ao uso de novas tecnologias. Apesar de relutante ao início, aos poucos vai-se adaptando ao smartphone. O fascínio de ambos por livros também ajuda a que formem uma ligação.

Porém, quando o homem morre e Craig é já um adolescente, o rapaz descobre que nem tudo desapareceu. Estranhamente, dá por si a conseguir comunicar com o senhor Harrigan, que consegue transmitir (ou pelo menos receber) mensagens da campa — através do tal iPhone que os ligou aos dois.

O telemóvel foi enterrado com o senhor Harrigan e as mensagens de voicemail tornam-se o veículo de comunicação sobrenatural — que acabam por também acompanhar o crescimento atribulado de Craig. O rapaz é vítima de bullying na escola e alguns dos seus problemas serão resolvidos, aparentemente de forma mágica, graças aos telefonemas que faz de vez em quando para ouvir a voz reconfortante do senhor Harrigan na mensagem automática do voicemail.

O elenco inclui nomes como o veterano Donald Sutherland, Jaeden Martell, Kirby Howell-Baptiste, Joe Tippett, Cyrus Arnold, Alex Bartner, Thomas Francis Murphy ou Daniel Reece, entre outros.

“O Telefone do Sr. Harrigan” é um projeto conjunto da célebre produtora Blumhouse Productions — responsável por sagas como “Atividade Paranormal” ou “Insidious”, além de filmes como “Get Out” — e de Ryan Murphy, o criador de “Glee”, “American Horror Story” ou “Nip/Tuck”. 

Os direitos para adaptar os outros três contos da coleção estão em processo de venda. Segundo a publicação especializada “Collider”, “Rat” poderá dar um filme realizado, produzido e protagonizado por Ben Stiller. Já “The Life of Chuck” pode originar um projeto do aclamado cineasta Darren Aronofsky. A terceira história, a homónima “If It Bleeds”, pode estar perto de ser adquirida pela HBO como um spinoff da já existente “The Outsider”.

Obviamente, Stephen King é um escritor veterano nestas andanças. As suas obras já originaram produções cinematográficas icónicas como “Shining”, “Carrie”, “It”, “Stand By Me”, “Os Condenados de Shawshank” ou “A Torre Negra”, entre tantas outras.

Carregue na galeria para conhecer outras novidades da Netflix (e não só).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT