Cinema

“Paixão Sufocante”: o novo filme de sucesso da Netflix é sobre uma relação tóxica

Baseia-se numa história real e inclui inúmeras cenas íntimas. Está a ser um sucesso em Portugal.
É inspirado numa história real.

Chama-se “Paixão Sufocante”, estreou a 9 de setembro na Netflix e tem sido um sucesso desde que chegou à plataforma de streaming. Neste momento, ocupa o segundo lugar no top 10 das tendências de filmes do catálogo português.

Trata-se de uma produção francesa inspirada na história real de Audrey Mestre. Praticante de mergulho livre — forma de mergulho que consiste em suster a respiração, sem recurso a tanques de oxigénio ou a outros equipamentos —, tentou bater recordes mundiais e acabou por morrer numa das tentativas, em 2002, na República Dominicana.

O filme, porém, centra-se mais na relação da protagonista com um mergulhador de topo. Na história que é contada na Netflix, ela chama-se Roxana e ele Pascal. Roxana começou a mergulhar muito cedo, influenciada pelo avô. Mais tarde, na faculdade, estuda biologia marinha.

É nessa fase que conhece Pascal, quando descobre um curso dado pelo especialista, e ruma à praia para começar a ter aulas de mergulho livre. Primeiro conhece Tom, um dos instrutores, com quem desenvolve uma certa química. Mas será com Pascal, mais tarde, com que irá desenvolver realmente uma relação.

Pascal está a treinar para bater o recorde do mundo e, graças a um trágico acidente, abre-se uma vaga na sua equipa. É assim que Roxana é convidada a integrar a expedição e se aproxima do mergulhador. Os dois apaixonam-se.

Roxana começa a acompanhá-lo em competições. Mais tarde, ela própria também irá competir em provas — o que irá motivar ciúmes e inveja por parte de Pascal, especialmente quando começa a sofrer desmaios a partir de determinada profundidade.

A narrativa centra-se bastante nessa vertente, na relação tóxica que os dois irão formar, com muitas cenas íntimas pelo meio. Tem uma componente grande de tensão e suspense, com foco no ambiente nocivo que se pode originar em torno da competição desportiva, de comportamentos abusivos, com técnicas de manipulação.

Pascal, um narcisista misógino, obcecado com o sucesso e a atenção, é um namorado controlador que a tenta dominar em todas as vertentes. Roxana, que carrega o trauma da perda do pai, é levada a encontrar o seu próprio lugar no mundo e a desprender-se do passado. O paralelismo entre a relação tóxica e as tentativas radicais de mergulho livre — que terão um desfecho trágico — também se vai estabelecendo à medida que a ação se vai desenrolando.

O elenco de “Paixão Sufocante”, que foi escrito e realizado por David M. Rosenthal, inclui nomes como Camille Rowe, Sofiane Zermani, César Domboy, Zacharie Chasseriaud ou Natalie Mitson, entre outros.

Carregue na galeria para conhecer outras novidades da Netflix (e não só).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT