Cinema

Peter Jackson diz que foi completamente ignorado na nova série de “O Senhor dos Anéis”

O diretor da trilogia revela que a Amazon lhe pediu para se envolver na produção, mas depois cessaram o contrato.
A série estreia a 2 de setembro.

Já se passaram 20 anos após a estreia da trilogia “O Senhor dos Anéis” nos cinemas, mas a história épica de fantasia está quase a regressar à televisão. Com data marcada para 2 de setembro, a narrativa da nova produção da Amazon Prime Video “O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder” decorre mais de três mil e 400 anos antes dos acontecimentos do primeiro filme, que foi dirigido por Peter Jackson.

Contudo, o cineasta não está envolvido no regresso desta trilogia que foi um dos maiores sucessos de sempre do cinema. Segundo a revista “The Hollywood Reporter”, Jackson revela que a Amazon pediu que ele se envolvesse com a série e prometeu enviar-lhes os argumentos — e depois nunca mais voltou a entrar em contacto.

“Eles perguntaram-me se eu queria estar envolvido [o escritor e produtor Fran Walsh] e eu disse: ‘Essa é uma pergunta impossível de responder sem ver um argumento’”, disse Jackson ao “The Hollywood Reporter”. A última coisa que o realizador ouviu da parte da Amazon foi que lhe iriam enviar os primeiros argumentos, que acabaram por nunca aparecer.

Ainda assim, Jackson garante que não guarda ressentimentos em relação à série da Amazon e até está ansioso para assistir às cinco temporadas com dez episódios cada.

“Vou assistir. Não sou o tipo de pessoa que deseja que as coisas corram mal. Fazer cinema já é difícil o suficiente. Se alguém faz um bom filme ou programa de televisão, é algo para comemorar. A única coisa pela qual estou ansiosa é de realmente assistir como um espetador perfeitamente neutro”, revela.

Depois das acusações, a Amazon Studios já veio defender-se com a seguinte declaração: “Ao buscar os direitos da nossa série, fomos obrigados a manter a série distinta e separada dos filmes. Temos o maior respeito pelos filmes de Peter Jackson e o ‘Senhor dos Anéis’ e estamos entusiasmados por ele estar ansiosa para assistir”.

Em novembro de 2017, a Amazon Prime adquiriu os direitos para produzir uma série baseada em “O Senhor dos Anéis”, um dos maiores sucessos de sempre do cinema. Desde então que o entusiasmo em torno do projeto tem crescido, especialmente devido ao orçamento da produção: 388 milhões de euros, muito mais do que a trilogia de filmes lançada entre 2001 e 2003, que se ficou pelos 230 milhões. 

A produção vai unir todas as histórias principais da Segunda Era da Terra Média: a criação dos anéis, a ascensão de Sauron, o conto épico de Númenor e a última aliança entre elfos e humanos.

No total, a produção terá cerca de 50 horas de conteúdo, revelou JD Payne, o produtor executivo, em entrevista à revista “Empire”. Esta duração foi definida logo no início, o que fez com que os guionistas se adaptassem, tendo mais tendo para contar a história que acompanharemos na série. O elenco vai contar com Peter Mullan, Morfydd Clark, Nazanin Boniadi, Cynthia Addai-Robinson, Benjamin Walker, Robert Aramayo, entre outros.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT