Cinema

Steven Spielberg sobre o novo “Dune”: “É uma das melhores coisas que já vi”

Quando o cineasta fala, a indústria ouve. E Spielberg desfez-se em elogios à sequela assinada por Denis Villeneuve.
Não poupou nos elogios.

Sabemos que quando Steven Spielberg elogia um filme, é sinal de que ele só pode ser mesmo bom. Se há quem tenha currículo para o demonstrar, é o norte-americano que criou clássicos como “E.T.” ou “A Lista de Schindler”. E após ter visto “Dune: Parte Dois”, o cineasta de 77 anos confessa-se rendido.

Esta quarta-feira, 27 de março, passou pelo podcast “Director’s Cut” com Denis Villeneuve, o realizador da saga protagonizada por Timothée Chalamet. “Este é mesmo um épico visual e está repleto de personagens profundamente bem desenhadas”, descreve.

“O diálogo é muito esparso quando se olha proporcionalmente para a duração do filme. É grande cinema. Os planos são tão pictóricos, mas não há um ângulo ou um único enredo que seja pretensioso. Fizeste um dos filmes de ficção científica mais brilhantes que alguma vez vi.”

Ao longo das mais de duas horas, houve uma cena que captou ainda mais o olhar do cineasta: aquela em que Paul Atreides consegue montar um verme da areia pela primeira vez e tudo o que isso implicava para a narrativa.

“Há um grande desejo por água neste filme. Apesar de toda a areia que tens neste filme, é realmente sobre água. Filmaste o deserto para parecer um oceano, um mar. Os vermes da areia eram como serpentes marinhas e aquela cena a surfar no monstro é uma das melhores coisas que já vi”, realça.

No episódio, Steven Spielberg exaltou também o trabalho de outros realizadores da indústria que, tal como ele e Villeneuve, conseguiram “construir mundos” incríveis dentro do género da fantasia. Começou por Georges Méliès antes de indicar Walt Disney, Stanley Kubrick, Ray Harryhausen, George Lucas, Federico Fellini, Tim Burton, Wes Anderson, Peter Jackson, James Cameron, Christopher Nolan, Ridley Scott e Guillermo del Toro.

A narrativa de “Dune: Parte Dois” continua a acompanhar a odisseia de Paul Atreides, interpretado por Timothée Chalamet, que agora procura vingar-se do Imperador pela morte do pai e queda da sua casa — como vimos no primeiro filme. Ao mesmo tempo, os Fremen, que vivem no planeta Arrakis, preparam uma revolta contra os tiranos que têm governado a galáxia durante anos. Ao seu lado, Paul tem Chani, interpretada por Zendaya.

A obra foi gravada em Abu Dhabi, Jordânia, Budapeste e Itália. O elenco mantém-se intacto, com algumas novas adições, caso de Florence Pugh, Léa Seydoux, Austin Butler e Anya Taylor-Joy.

Leia o artigo da NiT e conheça o que pode esperar do terceiro filme da saga — cuja data de lançamento ainda não foi revelada, mas ainda vamos ter de esperar muito. Descubra também o que Christopher Nolan disse sobre “Dune: Parte Dois”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT