Cinema

“The Unforgivable” marca o regresso de Sandra Bullock à Netflix — como ex-reclusa

A história acompanha uma ex-reclusa que se tenta reinserir numa sociedade onde a desprezam pelo seu passado.
Sandra Bullock é também a produtora do filme.

Sandra Bullock protagonizou um dos maiores sucessos da Netflix: “Bird Box”. O êxito do filme foi tanto que se tornou um dos mais vistos de sempre na plataforma. Agora, a atriz está de regresso à gigante do streaming para um novo projeto. Desta vez, para interpretar uma história bastante real.

“The Unforgivable” é baseado numa minissérie britânica de 2009, “Unforgiven”. Embora não tenha que fugir de criaturas assustadoras e assassinas, Sandra Bullock, que neste filme interpretará Ruth Slater, não tem uma vida fácil.

“Libertada da prisão após servir uma pena por ter cometido um crime grave, Ruth Slater reinsere-se numa sociedade que recusa perdoar-lhe o seu passado. Ao enfrentar os julgamentos do sítio que outrora chamou casa, a única esperança reside na possibilidade de reencontrar a irmã mais nova foi forçada a deixar para trás”, lê-se na sinopse da Netflix. O filme contará também com Viola Davis, Vincent D’Onofrio, Jon Bernthal, Richard Thomas, Linda Emond, Aisling Franciosi, e Rob Morgan.

“A minha personagem esteve presa durante 20 anos por ter cometido um crime hediondo e acaba por ser libertada”, conta Bullock, também produtora do projeto, ao site “Entertainment Weekly”. E acrescenta: “Existem muitas pessoas cujas vidas foram afetadas pelo crime que cometeu e há muito ódio, raiva, amargura e dor associados à sua libertação.”

O motivo que a levou a cometer o crime é, explica Sandra Bullock, um dos pontos nevrálgicos da história. “É o mistério de um assassinato dentro de um drama com uma personagem bastante complexa”, revela a atriz e produtora.

A realização ficou a cargo de Nora Fingscheidt, que contou ao mesmo site que “as gravações começaram em fevereiro de 2020, e depois, como todos sabemos, em meados de março, as coisas mudaram globalmente.”

Mesmo com os atrasos, o filme estreia ainda este ano: a 24 de novembro em alguns cinemas e a 10 de dezembro na Netflix.

Não é a primeira vez que a plataforma de streaming aborda a vida depois da prisão, especialmente a das mulheres. Em “Orange is The New Black” acompanhámos as dificuldades que as ex-reclusas tinham em arranjar emprego, e em serem aceites pela sociedade em geral —  regressando, muitas vezes, à prisão, onde a vida acabava por parecer mais acolhedora quando comparada à vivência em liberdade.

Carregue na galeria para descobrir quais os outros filmes que estreiam até ao fim do ano.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT