Cinema

Tom Hanks pagou várias cenas de “Forrest Gump” do próprio bolso (e ficou milionário)

O ator terá ganho cerca de 55 milhões de euros de receita de bilheteira. O realizador Robert Zemeckis fez a mesma coisa.
O filme estreou em 1994.

Estávamos em 1994 e “Forrest Gump” era uma das grandes sensações do ano. O filme ganhou seis Óscares — incluindo os prémios de Melhor Filme, Melhor Realizador e Melhor Ator — e haveria de lucrar mais de 586 milhões de euros. Foi a segunda produção com mais lucro do ano, só ficando atrás de “O Rei Leão”.

Durante a produção, no entanto, os estúdios da Paramount não estavam confiantes de que “Forrest Gump” pudesse alcançar este tipo de resultados. Numa entrevista em “In Depth With Graham Bensinger”, o ator protagonista Tom Hanks revelou que pagou do próprio bolso pelo menos duas cenas do filme.

O estúdio tinha-se recusado a aumentar o orçamento para filmar essas duas cenas — uma delas era a icónica corrida que o protagonista Forrest Gump faz pelos Estados Unidos da América. 

“[O realizador Robert Zemeckis] disse: ‘Isto vai custar x dólares.’ E não era barato. E eu disse: ‘OK.’ Ele disse: ‘Tu e eu vamos dividir essa quantia, e vamos devolver à Paramount. Vamos dar-vos o dinheiro, mas vocês [Paramount] vão ter de dividir um pouco mais os lucros.’ Ao que o estúdio disse: ‘OK, ótimo’. E foi bom para nós também”, contou Tom Hanks na entrevista.

Ao pagarem as cenas do próprio bolso em troca de uma percentagem maior dos lucros do filme, Tom Hanks e Robert Zemeckis ganharam muito dinheiro — Tom Hanks terá recebido cerca de 55 milhões de euros de receita de bilheteira. Só esse valor era maior do que todo o orçamento da produção.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT