Cinema

Um filme que bateu recordes, Freud e a ida à Lua: as estreias da semana nos cinemas

O leque de novidades inclui muita comédia, ação, terror e até um filme português. Resumindo: é um cartaz imperdível.
Há muitas novidades.

A sequela de “Divertida-mente” já é o filme que mais dinheiro fez em 2024, tendo arrecadado cerca de 1,16 mil milhões de euros. Esta quinta-feira, 11 de julho, chegou finalmente às salas de cinema nacionais.

No filme original, de 2015, o público acompanhava a Alegria, Tristeza, Raiva, Medo e Repulsa, os seus sentimentos ali encarnados em personagens divertidas. A jovem tinha acabado de se mudar do Minnesota para São Francisco e teve problemas a adaptar-se à nova realidade.

Agora, as emoções originais vão ter o desafio de encontrar o equilíbrio com os novos residentes na cabeça da protagonista que tem apenas 13 anos. Um dos maiores problemas surge quando a Ansiedade tenta assumir o controlo das operações.

O primeiro filme foi muito elogiada pela crítica, tendo inclusive recebido o Óscar de Melhor Filme de Animação, em 2016. “Divertida-mente” foi igualmente um grande sucesso comercial e junto ao público, lucrando cerca de 795 milhões de euros nas bilheteiras de todo o mundo.

O elenco da sequela conta, originalmente, com Amy Poehler, Maya Hawke, Kensington Tallman, Liza Lapira, Tony Hale, Lewis Black, Phyllis Smith, Ayo Edebiri, Lilimar, Grace Lu, entre outros. Já na versão portuguesa vai poder ouvir Carla García, Custódia Gallego, Nuno Pardal, Bárbara Lourenço, Eduardo Madeira, Joana Coelho, Teresa Guilherme e mais.

Outra estreia a não pode perder é “A Última Sessão de Freud”, realizado por Matthew Brown. É uma adaptação da peça de teatro do escritor Mark St. Germain que se centra nos últimos anos de Sigmund Freud, interpretado por Anthony Hopkins, durante a Segunda Guerra Mundial.

A trama acompanha o encontro do psicanalista com C. S. Lewis (papel desempenhado por Matthew Goode), autor de obras premiadas como “As Crónicas de Nárnia”, onde são discutidos temas fundamentais da humanidade. Esta troca de ideias acontece logo após a fuga de Freud do regime nazi com a sua filha Anna, interpretada por Liv Lisa Fries.

O filme explora a relação entre pai e filha ao longo dos anos, enquanto Freud observa e estuda o comportamento de Anna durante o seu crescimento. A obra procura fazer uma análise aprofundada das ideologias e crenças humanas.

A produção, realizada por Matt Brown, analisa profundamente o comportamento humano e várias ideologias que influenciam as mentes, numa época marcada pela ameaça da guerra.

Carregue na galeria e conheça todos os filmes que estreiam esta quinta-feira nas salas de cinema nacionais.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT