Cinema

Vários membros da equipa queixaram-se das más condições de trabalho em “Rust”

A diretora de fotografia Halyna Hutchins foi morta após um acidente com uma arma disparada pelo ator Alec Baldwin.
Alec Baldwin está a cooperar com as autoridades.

Depois dos relatos acerca dos comportamentos inapropriados do assistente de realização David Hall durante as filmagens de “Rust” — o filme em que o ator Alec Baldwin deu um tiro que resultou na morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins —, agora surgem novos indícios de falta de condições laborais.

De acordo com um artigo do “Los Angeles Times”, jornal que falou com diversos membros da equipa do filme, o staff foi avisado na segunda semana de trabalho que já não teria quartos de hotel próximos da base de produção em Santa Fé, no estado do Novo México.

Desta forma, teriam de viajar diariamente a partir das próprias casas para o set. Grande parte da equipa técnica era da cidade de Albuquerque, a quase 80 quilómetros do local das filmagens. Isto levou a que muitos técnicos se sentissem desconfortáveis e pouco seguros com as horas extra que teriam de fazer todos os dias na estrada.

Segundo o “Los Angeles Times”, as queixas da equipa e os pedidos para terem quartos de hotel foram “abordados como uma piada” pela produção. Foram até encomendadas camisolas com as frases “Error 404: Housing Not Found” e “ABQ is an hour away”.

Alguns destes técnicos terão abandonado a produção por causa da ausência de condições para que pudessem desempenhar bem as duas funções. Para os substituir, foram contratados profissionais não sindicalizados. 

A investigação policial continua a decorrer. Ainda ninguém foi acusado, mas as autoridades não descartam nenhuma hipótese sobre o que poderá ter estado na origem do trágico incidente. Leia o artigo da NiT para descobrir quem era Halyna Hutchins — e conheça a reação inicial de Alec Baldwin ao que aconteceu.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT