Cinema

Vídeo antigo de Dakota Johnson preocupada com dedo de Johnny Depp torna-se viral

Trabalharam juntos num filme na altura em que o ator ficou sem a ponta de um dedo após um incidente com a ex-mulher Amber Heard.
Trabalharam juntos em "Black Mass".

Dakota Johnson e Johnny Depp trabalharam juntos em “Black Mass — Jogo Sujo”, filme que promoveram em 2015, quando estreou — pouco tempo depois do célebre incidente em que o ator perdeu a ponta de um dedo após um incidente com a ex-mulher Amber Heard.

Agora que a história de Depp e Heard tem estado na agenda mediática, uma vez que o primeiro está a processar a segunda por difamação, um vídeo de uma conferência de imprensa de “Black Mass – Jogo Sujo” tornou-se viral.

Nas imagens é possível ver Dakota Johnson a reparar no dedo ferido de Johnny Depp e a perguntar-lhe o que aconteceu. O ator parece reagir com uma piada, que motiva uma gargalhada de Johnson, mas assim que desvia o olhar, a atriz olha para o colega com uma expressão apreensiva, de aparente preocupação. Já Johnny Depp fica literalmente a tremer e, pouco tempo depois, bebe um pouco da sua cerveja.

Inúmeros fãs estão a partilhar o vídeo nas redes sociais e a mostrar apreço pela preocupação de Dakota Johnson. “Trabalhar com ele foi do mais gratificante e inspirador que já fiz. O ambiente no set de gravações era bastante obscuro, mas ele era um unicórnio”, disse Dakota Johnson em declarações à “Vanity Fair”.

Noutra entrevista, à “The Hollywood Reporter”, sobre como foi trabalhar com atores considerados problemáticos — como Johnny Depp, Shia LaBeouf e Armie Hammer —, Dakota Johnson defendeu os colegas.

“Nunca experienciei nada vindo de nenhuma dessas pessoas. Passei um ótimo tempo a trabalhar com eles, sinto-me triste pela perda de grandes artistas. Sinto-me triste pelo facto de as pessoas precisarem de ajuda e talvez não a conseguirem na altura certa. Sinto-me triste por qualquer pessoa que tenha sido magoada. É só triste.”

Johnny Depp está a processar a ex-mulher Amber Heard por difamação, num julgamento que se está a tornar hiper mediático. O ator pede uma indemnização de 50 milhões de dólares (o equivalente a 46 milhões de euros) pelo artigo de opinião que Heard assinou no jornal “The Washington Post” em 2018.

Nesse texto, a atriz e modelo relata as suas alegadas experiências enquanto vítima de violência doméstica. Apesar de nunca mencionar o nome de Depp, os advogados do ator dizem ser claro de que as acusações se referem ao ex-marido, e que isso tem afetado a sua reputação e carreira. Antes do artigo, Amber Heard já tinha acusado publicamente Johnny Depp de a agredir e estrangular em episódios violentos e voláteis.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT