Cinema

Voz de Val Kilmer no novo “Top Gun” foi criada graças à inteligência artificial

O ator foi diagnosticado com cancro na garganta em 2014 e deixou de falar. As frases que diz no filme têm origem em gravações.
O ator foi diagnosticado com cancro na garganta.

A participação de Val Kilmer no regresso do “Top Gun” foi uma das maiores surpresas para os fãs. Após 36 anos da estreia de “Top Gun ‒ Ases Indomáveis”, o ator que interpreta Iceman, rival do protagonista nessa história original, teve direito a um retorno triunfante ao papel

Kilmer, atualmente com 62 anos, foi diagnosticado com cancro na garganta em 2014. Foi submetido a vários tratamentos, incluindo uma traqueostomia, mas acabou por perder a voz. Peça fundamental no regresso da sequela, “Top Gun: Maverick”, o facto de não conseguir falar não foi o impediu de participar no novo filme.

Para que Kilmer não precisasse de gravar as falas, o próprio personagem sofre de uma doença que dificulta a fala e comunica através de um computador. As poucas falas do personagem foram criadas com recurso a inteligência artificial.

A Sonantic, uma empresa de software, usou gravações antigas da voz de Kilmer para fazer parecer que era ele que estava a falar no filme. 

Em agosto do ano passado, o filho do ator, Jack Kilmer, disse que o pai estava entusiasmado com o novo projeto e que “honraram o legado de Iceman”. 

Como a NiT já tinha divulgado, o grande responsável pelo regresso de Kilmer foi o ator Tom Cruise. Segundo o produtor do filme, Jerry Bruckheimer, foi o próprio Cruise que disse que “queria mesmo” o regresso do ator ao filme. “Ele disse: ‘temos que ter o Val, temos de o trazer de volta. Ele tem de entrar no filme’”, explicou. “[O Tom] foi a força por detrás do seu regresso. Todos o queríamos, mas o Tom fez questão de assegurar a presença dele. Se iria fazer outro Top Gun, o Val teria que fazer parte do elenco.”

“É tão bom ator e tão boa uma pessoa. Divertimo-nos muito no primeiro filme e queríamos reunir alguns dessa primeira turma”, acresceu o produtor de “Top Gun”.

O novo “Top Gun: Maverick” estava pronto para estrear em 2020, mas foi adiado até a pandemia estar suficientemente controlada para que o público o pudesse ver em massa nos cinemas. A tão esperada estreia nas salas portuguesas aconteceu na quinta-feira, 26 de maio, e a NiT já lhe contou tudo sobre este regresso.  

A aposta em adiar a estreia parece estar a revelar-se vencedora, uma vez que o filme bateu recordes de bilheteira nos primeiros dias de estreia nos EUA. leia também porque é que Tom Cruise não quis efeitos especiais — e obrigou os atores a voarem nos caças de “Top Gun”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT