Cinema

Willem Dafoe conta como a Marvel escondeu a sua participação no novo Homem-Aranha

Sequela Sem Volta a Casa foi considerada a segunda melhor estreia de sempre nos Estados Unidos, atrás de "Vingadores: Endgame".
É um dos vilões que entrou na história.

Um dos maiores vilões em filmes de super-heróis, o Duende Verde de Willem Dafoe teve um regresso triunfal no novo filme do Homem-Aranha: Sem Volta a Casa. A participação do ator foi mantida em segredo durante muito tempo, o que inclusive afetou a forma como se comportou durante as filmagens.

Em entrevista ao “The Tonight Show Starring Jimmy Fallon”, esta quinta-feira, 13 de janeiro, o ator revelou que a equipa da Marvel Studios o fazia chegar ao estúdio de forma totalmente oculta, coberto por “uma capa preta e ia num carro com vidros escuros.”

“Os filmes da Marvel têm uma base de fãs muito forte e as pessoas ficam muito curiosas. Até quando estamos a filmar tentam descobrir o que vai acontecer”, disse Dafoe a Jimmy. Segundo o ator, o estúdio não permitia que saísse para passear na cidade onde estavam a gravar o filme até que estreasse nas salas de cinema.

“Não pensei que fosse funcionar, mas a verdade é que resultou”, acrescentou Dafoe, que interpretou o Norman Osborn na trilogia de Sam Raimi, lançada entre 2002 e 2007. “Apenas pouco antes do filme ser lançado, os fãs começaram a suspeitar por causa de coisas que viam nos trailers”, disse o ator. “Por isso, foi fixe.”

O primeiro trailer de “Homem-Aranha: Sem Volta a Casa”, que marca a sexta aparição de Tom Holland, foi lançado em agosto. O trecho mostrou como os visitantes dos universos paralelos entram no mundo do herói após um feitiço lançado por Dr. Strange (Benedict Cumberbatch), destinado a fazer com que todos se esquecessem que Peter Parker é o Homem-Aranha. Mas o golpe de magia não foi sucedido.

Como resultado, os vilões dos filmes de Tobey Maguire e Andrew Garfield, como o Duende Verde de Dafoe e o Doctor Octopus de Alfred Molina, aparecem neste universo.

O segundo trailer, lançado três meses mais tarde, mostrou o Homem-Aranha a lutar com três vilões que desconhece: o Lagarto, interpretado por Rhys Ifans no filme “O Fantástico Homem-Aranha”, o Electro de Jamie Foxx de “O Fantástico Homem-Aranha 2”, e ainda o Sandman, personagem de Thomas Haden Church no “Homem-Aranha 3” de Sam Raimi.

Tom Holland já tinha falado sobre o seu primeiro encontro com Willem Dafoe: “Encontrei-o com um manto e pedi-lhe que tivesse cuidado por onde andava. Tirou o capuz e fiquei assustado. Afinal o duende verde também está no filme.”

Desde o seu lançamento, a 17 de Dezembro, os fãs elogiaram a atuação de Dafoe, com alguns a dizerem que conseguiu superar a sua performance anterior, de há duas décadas.

“Homem-Aranha: Sem Volta a Casa”, chegou aos cinemas nos últimos dias e está a ter uma estreia impressionante nos Estados Unidos da América. Apesar da pandemia, o novo projeto da Marvel conseguiu tornar-se o segundo filme mais visto de sempre no seu primeiro dia nas salas.

Segundo a “Entertainment Weekly”, a produção arrecadou o equivalente a cerca de 108 milhões de euros na sexta-feira — a que se juntam cerca de 44 milhões de euros das antestreias e exibições especiais de quinta-feira. Na história do cinema nos EUA, só fica atrás de “Vingadores: Endgame”.

Além disso, vai facilmente fazer o melhor fim de semana para os cinemas americanos desde o início da pandemia. E já está na lista dos filmes mais vistos de 2021.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT