livros

De resiliência a vacina: já pode votar na palavra do ano 2021

Há dez finalistas na votação criada pela Porto Editora. A vencedora é conhecida em janeiro.
Grande parte das escolhas reflete o período pandémico.

Saudade foi a palavra do ano escolhida em 2020. Este ano, as votações foram abertas e existem 10 sugestões a concurso. Grande parte da pré-seleção diz respeito ao momento pandémico, mas há também sugestões de outras áreas. Esta é uma eleição feita pela Porto Editora. A vencedora será conhecida no início de janeiro de 2022.

No site da Palavra do Ano foram deixadas algumas sugestões. A pré-seleção teve ainda em conta as pesquisas feitas no Dicionário da Língua Portuguesa. A votação está a decorrer online e estará ativa até ao último dia de 2021, 31 de dezembro.

Entre as propostas relacionadas com a pandemia da Covid-19, mais uma vez um tema marcante no ano, estão: resiliência, vacina, teletrabalho e mobilidade. Pode ainda votar em: apagão, bazuca, criptomoeda, moratória, orçamento ou podcast.

Em 2020, além de saudade, estavam a votos: pandemia, Covid-19, confinamento, zaragatoa, telescola, infodemia, digitalização ou sem-abrigo. Violência [doméstica], enfermeiro, incêndios e geringonça foram outras das vencedoras nos últimos anos.

A Porto Editora realiza uma eleição semelhante em Angola. Neste país estão em votação palavras como: agricultura, crime, inflação, lixo, manifestação, seca ou zungueira. O mesmo será feito para Moçambique. Neste caso, as palavras a concurso serão conhecidas apenas a 27 de dezembro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT