Livros

Fernando Ribeiro, dos Moonspell, vai estrear-se como escritor de um romance

O músico tem estado a trabalhar num livro chamado “Bairro sem Saída”, que tem uma ligação à Brandoa, onde cresceu.
O músico tem 46 anos.

26 de fevereiro é o dia em que vai ser lançado o novo álbum dos Moonspell, “Hermitage”, o 13.º da carreira. Numa fase em que a banda não pode dar concertos e está longe da habitual vida na estrada, o vocalista, Fernando Ribeiro, virou-se para a escrita.

O músico já tinha livros de poesia e contos — além de ter assinado várias crónicas — mas agora estreia-se enquanto romancista, revelou em declarações à agência Lusa, citada pelo “Diário de Notícias”. “Bairro sem Saída” deverá sair em maio e é uma edição da Suma de Letras.

“Foi uma sorte que eu tive, uma espécie de bênção das musas literárias que me apareceu em janeiro de 2020. Fiquei até um bocado vaidoso e surpreendido com o convite. Estavam à procura de novas vozes e o formato teria de ser o romance. Não tenho historial nem bagagem literária nem nada, mas tinha uma ideia que se concretizou num livro, que provavelmente sairá em maio, para aproveitar aquele período do ‘degelo covid’, se ele existir”, disse Fernando Ribeiro à Lusa.

A narrativa passa-se num subúrbio que acaba por ser (ou representar) a Brandoa, zona da Amadora onde Fernando Ribeiro cresceu. “Há uma espécie de realismo mágico, por assim dizer, que não tem muito a ver com o do Gabriel García Márquez. […] O protagonista chama-se Rogério Paulo, que foi um ator dos anos 1970 de quem a minha mãe gostava muito”, explicou o músico e autor.

O enredo vai acompanhar o crescimento do protagonista enquanto ele se apercebe “de um bairro rico que vai invadir e tentar aniquilar os costumes do bairro pobre, que, mesmo na sua tristeza, dor, melancolia, era o bairro em que as pessoas se uniam”.

“Depois há várias situações, há uma missa negra, com um DJ de ‘heavy metal’, num prédio dos ricos, em que o Rogério Paulo tem uma atitude de destaque. Há uma maratona de dança em que ganha um toxicodependente, que é uma história verídica na Brandoa, aquilo chegou a  ser um sitio onde havia de tudo”, acrescentou ainda Fernando Ribeiro, dizendo que já tem novas ideias para livros depois deste.

Leia também o questionário da NiT sobre o confinamento com Fernando Ribeiro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT