Livros

Já se sabe qual é a Palavra do Ano — e não é nenhuma surpresa

O público pôde votar numa série de termos ao longo das últimas semanas. A Porto Editora divulgou agora qual foi o escolhido.
A "guerra" marcou 2022.

A Palavra do Ano de 2022 em Portugal é “guerra”. Foi este o termo mais votado no concurso anual que a Porto Editora promove para enaltecer o vocábulo mais simbólico ou representativo de um determinado ano. Neste caso, claro, teve a ver com a invasão da Rússia à Ucrânia, que se iniciou a 24 de fevereiro. 

“Guerra” teve 53 por cento dos votos, o que representa o maior valor percentual de sempre da iniciativa da Palavra do Ano. Seguiu-se “inflação”, com 18,8 por cento dos votos, numa altura em que se atingiu um valor máximo nos últimos 30 anos. E, a completar o pódio, “urgências”, com 6,6 por cento dos votos — o termo reflete os problemas que o SNS tem enfrentado em Portugal.

A lista que foi submetida a votos continha ainda as palavras “rainha”, “energia”, “seca”, “abusos”, “ciberataque”, “nuclear” e “juros”.

Nos últimos anos, as palavras vencedoras foram “vacina” (2021), “saudade” (2020), “violência doméstica” (2019), “enfermeiro” (2018), “incêndios” (2017), “geringonça” (2016) e “refugiado” (2015).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT