Livros

Laurence, pessoa não-binária, criou um diário de fotos onde partilha a sua transição

Há três anos, começou a documentar com imagens as mudanças no corpo, depois de receber as primeiras injeções de testosterona.
Auto-retrato de Laurence Philomène.

Laurence Phylomène tem 29 anos e nasceu em Montreal, no Canadá. Enquanto crescia, sentia-se diferente. Não se identifica com o género feminino, nem com o masculino. Ao longo dos anos aprendeu a aceitar-se e a perceber que era uma pessoa não-binária.

Para ajudar na transição de género, começou a receber injeções de testosterona em abril de 2018, para ter um aspeto mais andrógino. A partir de janeiro do ano seguinte, começou a documentar as mudanças no seu corpo (e mente) através de um diário fotográfico.

O resultado chegou agora, com “Puberty”, editado pela Yoffy Press, e que pode ser encomendado para todo o mundo, por cerca de 48,30€ (mais portes). Em simultâneo, decorreu até 19 de janeiro, uma campanha de crowdfunding para angariar fundos para o projeto (e que inclui uma série de extras em troca).

O objetivo, além de documentar a sua jornada íntima, é quebrar preconceitos e mudar perceções em relação a pessoas não-binárias, trans ou queer. São fotografias bastante coloridas, mais encenadas ou espontâneas. Não se focam tanto nas dificuldades que estas pessoas atravessam. Em vez disso, celebram a sua vida e afirmação pessoal.

“É comum vermos conjuntos de fotografias que documentam identidades trans que se centram nas dificuldades, nos aspectos mais penosos das nossas vidas; mas com este projecto eu também quero partilhar as alegrias. Sinto que a cor é um código universal que suscita emoções em todas as pessoas, e isso é muito útil para comunicar diferentes camadas de significado numa imagem”, disse Laurence Phylomène, em entrevista ao “Público”.

E acrescenta: “É profundamente significante para mim, enquanto pessoa trans, ter autonomia na forma como conto a minha história. Enquanto artista, parece-me mais ético e mais autêntico contar esta história na primeira pessoa”.

Laurence começou a tirar fotos em janeiro de 2019.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT