Livros

Primeiro livro de Martim Sousa Tavares é dedicado à beleza “na era dos memes”

Através da escrita na primeira pessoa, o maestro vai conduzir o leitor por uma viagem onde lhe mostra vários dos seus gostos.
Já está à venda.

Até agora Martim Sousa Tavares era conhecido como um dos maiores maestros do nosso País, mas a partir da passada quinta-feira, 16 de maio, o artista passou também a fazer parte do mundo dos escritores.

“Falar piano e Tocar Francês — Arte, cultura e humanismo na era dos memes” é o nome do seu primeiro livro, apresentado no El Corte Inglés por Carlos Vaz Marques, autor do programa “Governo Sombra” e o responsável pela Livros Zigurate, a editora da obra.

“A beleza está em todo o lado e tem lugar mesmo num tempo acelerado e saturado de estímulos como o de hoje. É importante falar dela e não a perder de vista, porque sem beleza, a vida é inútil”, foi desta forma que o maestro divulgou a novidade numa publicação na sua página de Instagram.

O livro, embora tenha sido escrito na primeira pessoa, “não é um romance”, sublinha. Em “Falar Piano e Tocar Francês”, Martim Sousa Tavares aprofunda um tema que já explorou noutros formatos, revelou em entrevista à revista “Sábado”. A reflexão pública arrancou em 2019, no programa “O Mundo à Minha Procura” da Antena 2 e, entre 2022 e início deste ano, no podcast “Encontro com a beleza”, do Observador.

A capa do livro.

“É com enorme felicidade que convido todos os leitores que se interessam pela beleza, nas suas mais variadas formas, a descobrir este livro, tão acessível e eclético quanto me foi possível. Da música clássica a David Bruno, de São Francisco de Assis ao brutalismo das periferias urbanas, tentei que fosse um espelho do mundo tal como o vejo e da forma como certas coisas me apaixonam”, pode ler-se na capa do livro.

“A beleza pode não precisar de instruções, mas a arte é uma forma de partilha onde o entusiasmo da mediação acrescenta significados e expande horizontes. É nesse sentido que este primeiro livro de Martim Sousa Tavares – assumindo os gostos do autor e não procurando ser consensual – conduz o leitor por uma viagem em que se veem novas todas as coisas”, pode ler-se no site da editora.

Martim Sousa Tavares é neto de Sophia de Mello Breyner Andresen, uma das maiores escritoras portuguesas, e filho de Miguel Sousa Tavares, antigo jornalista e atual comentador televisivo.

“Tocar piano e falar francês” tem 176 páginas e já está à venda online, por 17,90€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT