Livros

Vem aí um livro novo para os amantes da beleza histórica da Gardunha

"Vale de Prazeres & Mata da Rainha: Monografia Histórica" vai dar a conhecer melhor este paraíso escondido de Portugal.
É um sítio único.

A região do Fundão atrai cada vez mais visitantes. As razões são simples: as suas maravilhas naturais, as aldeias de xisto, a cereja do Fundão e os marcos históricos, como é o caso do Palácio do Picadeiro, a Torre dos Namorados e da Igreja da Misericórdia do Fundão. Agora, está a chegar um novo livro que o vai transportar para a região das Beiras, mais especificamente para o Vale de Prazeres e a Mata da Rainha e que lhe dará a conhecer melhor aquela União de Freguesias.

A obra foi escrita por Joaquim Candeias da Silva, doutorado em História, sendo assim a pessoa ideal para escrever um livro deste estilo. O autor nasceu na região há 75 anos e nela viveu durante algum tempo, até aos seis anos. Embora já lá não habite, por ali passa muitas vezes. “Vale de Prazeres & Mata da Rainha: Monografia Histórica” pretende deixar um legado histórico para as gerações atuais e futuras, sendo também um deleite para os fãs e moradores daquela zona. Contará também a origem e a evolução daquelas terras, tal como explica a editora.

O livro vai também conter várias histórias e memórias do autor, todas, claro, ligadas com aquele espaço. “É como que a minha serra-mãe e a minha Casa, no mais amplo sentido, daí tomar a Beira no seu todo, enquanto centro do País e meu, como um verdadeiro ecossistema”, revela Joaquim Candeias da Silva em conversa com a NiT. “É um livro de História e de muitas histórias, com muita gente dentro, no decurso de muitos séculos: de Vale de Prazeres e da Mata da Rainha; da Cortiçada, do Catrão, da Torre dos Namorados, e também da Gardunha”, adianta Joaquim da Silva.

O historiador admite que acredita que todos os portugueses deviam passar por aquela zona única: “Como centro de um todo, não pode o País nem os portugueses ignorá-lo. ‘Estrelas’ há muitas, no céu, mas na terra só uma, a nossa.”

A obra foi criada também devido à Câmara de Comércio da Região das Beiras (CCRB). Ana Correia, a presidente da CCRB diz que aquela região escondida e desconhecida de muita gente é “um manancial de cultura e um diamante por lapidar.”

A apresentação oficial do livro será feita no dia 1 de agosto pelas 17h30, no Largo de São Sebastião, em Vale de Prazeres, uma das freguesias do concelho.

Na cerimónia de lançamento estarão presentes, além do autor, a Câmara de Comércio da Região das Beiras e muitos convidados. Quem não conseguir comparecer poderá também assistir à apresentação através da página de Facebook da Câmara Municipal do Fundão, do canal de YouTube da CCRB e da página de Facebook de Vale de Prazeres Memórias.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT