Livros

Vítor Aguiar Silva venceu o Prémio Camões 2020

Júri da edição deste ano atribuiu o prémio ao professor pela sua importância para a Língua Portuguesa.
Professor vence 32.ª edição do Prémio

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, anunciou no final da reunião do júri, esta terça-feira, 27 de outubro, que Vítor Aguiar Silva é o vencedor do Prémio Camões 2020.

A “importância transversal da sua obra ensaística, e o seu papel activo relativamente às questões da política da língua portuguesa e ao cânone das literaturas de língua portuguesa” foram os argumentos apresentados pelo júri desta 32.ª edição.

Além das qualidades de professor e ensaísta atribuídas a Vítor Aguiar Silva e do seu contributo para a promoção da Língua Portuguesa, a ministra da Cultura salientou as suas “qualidades intelectuais e académicas, mas também pelo perfil humanista com que marcou de um modo decisivo gerações de alunos, um pouco por todos os lugares onde ensinou, bem como leitores”.

Formado na Universidade de Coimbra, onde deu aulas, Vítor Aguiar Silva tem-se destacado ainda pela dedicação ao estudo da Teoria da Literatura e da Literatura Portuguesa do Maneirismo, do Barroco e do Modernismo.

O professor de 81 anos, natural de Penalva do Castelo, sucede assim a Chico Buarque, que venceu o Prémio Camões em 2019.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT