Música

50 anos depois, este baterista voltou a Vilar de Mouros para tocar sozinho

Álvaro Azevedo estreou-se no festival em 1971, com o grupo Pop Five Music Incorporated.
Atuou na estreia do festival em 1971.

Foi a 7 e 8 de agosto de 1971 que aconteceu o primeiro Festival Vilar de Mouros. Desde então que o evento se solidificou como o pai dos festivais de rock portugueses.

Nessa primeira edição que perdura na memória de muitos, atuaram Elton John e Manfred Mann, entre outros, em frente a um público composto por 30 mil pessoas. Claro que não faltaram nomes portugueses, como o Quarteto 1111 e Pop Five Music Incorporated. Um membro deste último grupo regressou de forma inesperada no passado domingo, 8 de agosto, ao recinto do festival, para celebrar os 50 anos do evento.

Álvaro Azevedo, o baterista que atuou ali mesmo na década de 70, fez uma atuação improvisada e inesperada no local onde tudo começou. Segundo o jornal “O Minho”, o artista ainda conseguiu atrair alguns amigos e transeuntes, que pararam para assistir à atuação.

O momento foi divulgado nas redes sociais: “Grande Alvaro Azevedo , que categoria a tua homenagem”. Outro dos comentários dizia: “Bela atitude. Andava por aí na minha adolescência. Assisti aos primeiros festivais. As minhas memórias de Vilar de Mouros são muitas, creio que desde 1960 passava aí as minhas férias!”

Hoje, 50 anos após o primeiro festival de Vilar de Mouros, Álvaro Azevedo, baterista dos Pop Five que participou nesse…

Posted by Carlos da Torre on Sunday, August 8, 2021

Tal como aconteceu com muitos outros festivais portugueses, a edição de 2021 do EDP Vilar de Mouros foi cancelada. Contudo, já existem datas para a próxima edição: 25, 26 e 27 de agosto de 2022.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT