Música

Acusação de plágio vai mesmo levar Ed Sheeran a tribunal

O músico britânico foi ordenado a marcar presença no julgamento que terá lugar nos Estados Unidos.
A carreira tem sido atormentada por acusações de plágio

Não há volta a dar. Ed Sheeran terá mesmo que enfrentar a justiça norte-americana, depois de acusado de copiar partes do seu tema de sucesso, “Thinking Out Loud”, lançado em 2014.

Os advogados do cantor haviam pedido que os juízes nova-iorquinos ignorassem a acusação, mas a resposta foi negativa e, assim, Sheeran terá mesmo que se justificar em tribunal. O resultado será uma incógnita, até porque em junho deste ano, Sheeran venceu um processo semelhante no Reino Unido, onde era acusado de plágio no tema “Shape of You”.

O cantor é acusado de plágio do tema de sucesso de Marvin Gaye, “Let’s Get It On”, de 1973. A detentora dos direitos da canção do já falecido músico apresentou a primeira queixa em 2018 e pede uma indemnização que ascende aos 100 milhões de euros. Acusam Sheeran e o co-autor de “copiar e explorar, sem autorização ou crédito”.

“Apesar de as duas composições musicais não serem idênticas, um júri poderá achar que a sobreposição e a parecença das combinações de acordes e ritmos podem ser muito próximos”, afirmou o juiz.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT