Música

Eminem voltou e cumpriu a tradição. Trouxe letras polémicas e já é alvo de críticas

O artista gozou com a rapper Meghan Thee Stallion que em 2020 foi alvejada no pé por outro colega.
O Slim Shady está de volta.

Quem conhece Eminem sabe que o artista nunca teve medo de dizer o nome de outros músicos nas suas canções. Fez de nomes como Christina Aguilera, Will Smith e Machine Gun Kelly os seus alvos e em “Houdini”, lançado na quinta-feira, 30 de maio, trouxe de volta a tradição.

Também como é habitual, o single mistura a língua afiada do rapper a uma grande dose de humor. Isso comprova-se logo nos primeiros versos, nos quais diz que o seu próximo álbum, chamado “The Death Of Slim Shady (Coup De Grâce)” — e que será lançado este ano —, não agrada o seu agente.

Ao longo da canção fala de muitas outras pessoas que o rodeiam, como os próprios filhos e Dr. Dre, com quem colabora frequentemente. No entanto, há uma linha da letra que está a enfurecer muitas pessoas.

Eminem vira-se para Meghan Thee Stallion, artista que foi alvejada por uma colega no pé. Os fãs de Meghan atacaram o músico nas redes sociais. “É um não para mim”, escreveu um utilizador no X.

“Isso funcionava com os teus colegas nos anos 2000, mas este trocadilho com o trauma de alguém, especialmente o de uma mulher negra. Não posso apoiar isto. Sabes que estás errado”, disse outro. “Este tipo que se foda. Os homens adoram falar de momentos traumáticos da vida das mulheres só para terem atenção. Deixa-a em paz”, afirmou outro fã.

Não pense, contudo, que estão todos contra Eminem. Tal como qualquer assunto na Internet, também este dividiu as opiniões. “Mas nenhum de vocês conhece o Slim Shade?”, questionou uma pessoa. “O Slim Shady voltou realmente”, celebrou outra.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT