música

Vem aí uma digressão de Amy Winehouse em holograma

Os fãs é que não gostaram muito da notícia. Os espetáculos acontecem já em 2019.

A digressão começa no final do próximo ano.

Ainda não há datas, nem cidades anunciadas, mas é certo que em 2019 Amy Winehouse regressa aos concertos com uma digressão em que vai aparecer em holograma. O projeto está em fase de produção e será feito pela BASE Hologram, que já fez espetáculos idênticos com Roy Orbison ou Maria Callas.

Segundo a “Rolling Stone”, em palco vão estar músicos reais e um holograma da cantora que morreu em 2011. Serão feitos alguns arranjos remasterizados dos grandes temas de Amy Winehouse, como “Rehab”, “Valerie”, ou “Back To Black”. A digressão é apoiada pela família. “Isto é um sonho para nós. A música da nossa filha tocou milhões de pessoas e o seu legado vai continuar”, disse Mitch Winehouse, o pai da cantora à mesma publicação.

Todo o dinheiro da digressão, que só deverá arrancar no final de 2019, irá para a Fundação Amy Winehouse, que apoia no combate e prevenção do uso de drogas por jovens. Quem não gostou muito da notícia foram alguns fãs da cantora.

“Deixei-na descansar em paz”, “isto é só esquisito”, “isto é terrível”, “não há nada de novo porque ela está morta”, foram algumas das opiniões deixadas no Twitter nas últimas horas.

A tour de Maria Callas vai passar por Lion em dezembro deste ano.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT