Música

Ana Moura reinventa-se em novo disco — e vai apresentá-lo em Lisboa em novembro

"Casa Guilhermina", o álbum em que a fadista se estreia como letrista, está disponível e será apresentado no Super Bock em Stock.
Ana Moura acabou de lançar o seu novo projeto.

É sexta-feira, 11 de novembro, e já se podem abrir as portas de “Casa Guilhermina”, o novo disco de Ana Moura, que é agora lançado. Com um título em jeito de homenagem à sua avó materna, já está disponível nas plataformas digitais, em formato CD e vinil.

A apresentação oficial também já tem data e local definidos. A 25 de novembro, a fadista e cantora vai atuar no festival Super Bock em Stock, em Lisboa, no Capitólio. Esta será a primeira vez que Ana Moura vai desvendar, em palco e num concerto completo, as canções que fazem parte do seu sétimo disco.

“Este não é só o novo álbum de uma artista que Portugal e o Mundo aprenderam a amar e aplaudir”, lê-se em comunicado. “É o primeiro de uma renascida Ana Moura, artista plural, aberta ao futuro, consciente das diferentes tradições que a formaram, mas interessada em explorar o melhor que o presente tem para oferecer”.

Em “Casa Guilhermina”, a artista mistura “o semba, a morna e a kizomba, o samba e o choro, o morro e a pista, o passado e o futuro”, num alinhamento com quase duas dezenas de títulos.

Junta o calor de África e do Brasil, a cultura popular das ruas e vielas e a modernidade eletrónica dos estúdios num som que se pode ouvir ao acordar ou para dançar. Justifica-se, por isso, quando se diz que “o verdadeiro coração independente de Ana Moura bate agora com mais força num álbum que tem um mundo inteiro dentro”.

Neste projeto, a fadista é acompanhada, entre outros, pelos músicos Ângelo Freire, Pedro Soares, André Moreira, Pedro Mafama, Conan Osíris, Pedro da Linha, João Ferreira, Mário Costa, Paulo Flores, Betinho Feijó, Kiari Flores e Luís Estudante. Ana Moura vai atuar esta sexta-feira a partir das 19 horas nos Armazéns do Chiado, em formato showcase.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT