Música

Festa do Avante! anuncia alinhamento musical (termina com concerto dos Xutos)

A polémica tem sido muita, mas a 44.ª edição vai mesmo avançar no próximo fim de semana, diz o PCP.
Este ano será diferente.

A polémica tem sido muita, mas a 44.ª edição da Festa do “Avante!” vai mesmo avançar, garante a organização; e tem até já o cartaz fechado e organizado.

O evento que acontece no próximo fim de semana, de 4 a 6 de setembro, no Seixal, vai começar com música africana e fado e será encerrada pela banda portuguesa Xutos & Pontapés, segundo o alinhamento e programação divulgado este sábado e citado pelo “Jornal de Notícias“.

Este ano, a festa anual do PCP será reduzida a um terço da lotação (33 mil pessoas) devido à pandemia de Covid-19, havendo uma série de estipulações da Direção-Geral da Saúde a serem seguidas. O evento começa sexta-feira, 4 de setembro, com o palco 25 de Abril a receber um concerto intitulado “Sons e vozes de África contra o racismo”, com artistas de Cabo Verde, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Angola.

No auditório 1.º de Maio, a animação estará a cargo de Aldina Duarte e de Camané e Mário Laginha. No segundo dia, sábado, entre os muitos debates previstos, o humorista Ricardo Araújo Pereira vai discutir humor e política com Margarida Botelho.

No palco 25 de Abril vão tocar Mão Morta, Capicua, Dino D’Santiago e Blasted Mechanism, enquanto Lena D’Água e Dead Combo animam o auditório 1.º de Maio.

Domingo, depois do comício e intervenção de fundo do secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, a música vai estar a cargo de Stereossauro e dos convidados Camané, Marisa Liz, Carlão, Chullage e Ricardo Gordo, antes do concerto de encerramento dos Xutos & Pontapés.

Segundo divulgou recentemente o PCP, este ano com o limite diário de 33 mil pessoas é esperado que haja cerca de nove metros quadrados para cada visitante — a Quinta da Atalaia e do Cabo da Marinha, na Amora, tem uma dimensão de 30 hectares.

“Os 300 mil metros quadrados postos à disposição dos visitantes significam que cada um pode usufruir de uma área superior à que está estabelecida para a frequência de praias e que, em regra, será o dobro daquela que está fixada para espaços similares (no caso, espaço ao ar livre)”, revelam os comunistas. 

Além do distanciamento social, os responsáveis do PCP, que têm estado em articulação com a Direção-Geral da Saúde, garantem a disponibilização de materiais de higienização e o uso obrigatório de máscaras no recinto. Vão ser ainda implementados “corredores de circulação de sentido único, separação de canais de entrada e saída, maior fluidez de acesso a transportes públicos”.

Também vai haver alterações nos horários. As entradas só acontecerão até à meia-noite de sexta-feira e sábado e às 22 horas de domingo, ao contrário das tradicionais uma da manhã e das 22h30, respetivamente.  

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT