Música

Carolina Deslandes e Bárbara Tinoco cancelam mais um espectáculo no Porto

Um acidente obrigou também ao cancelamento do evento marcado para esta sexta-feira. Ainda não há novas datas.

O espetáculo de “A Madrugada Que Eu Esperava”, de Carolina Deslandes e Bárbara Tinoco, agendado para esta sexta-feira, 31 de maio, no Coliseu do Porto, foi cancelado. A decisão sucede o cancelamento da sessão desta quinta-feira, 30, que também não teve lugar.

“Relembramos que, no ensaio geral de ontem, um dos atores principais do nosso elenco sofreu um acidente em palco que obrigou à sua hospitalização imediata, situação que se mantém, impossibilitando a realização do espectáculo”, revela a produtora do evento.

Carolina Deslandes e Bárbara Tinoco, as protagonistas, lamentaram o sucedido esta quinta-feira. “Ainda estamos a aguardar diagnóstico e exames para descobrirmos ao certo as consequências e o que aconteceu. Dado este acidente, vamos ter de cancelar para já o espetáculo”, partilharam as cantoras no Instagram. Um dia depois, confirma-se que a sucessão de espetáculos não terá lugar no Porto, pelo menos, para já.

“Estão a ser realizados esforços no sentido de encontrar datas alternativas para remarcar as duas apresentações canceladas. Até terça-feira, dia 4 de junho, teremos novidades a este respeito”, avança a produtora. Quem já tinha bilhete poderá solicitar o reembolso nos locais onde foram adquiridos.

A história do musical decorre em Lisboa, em 1971. Olívia e Francisco (interpretado por Diogo Branco) conhecem-se num grupo de teatro amador, que está a produzir uma versão musical de “Romeu e Julieta” e apaixonam-se.
Olívia tem ideais políticos fortes que se refletem na sua oposição à ditadura. Francisco é um rapaz introvertido, sonha ser ator de comédia e vai aos ensaios às escondidas porque o pai não aprova as suas aspirações artísticas. Procurada pela PIDE, por vender livros proibidos pela censura, Olívia refugia-se em Paris para escapar à prisão, sem saber que Francisco foi destacado para combater na guerra.

Já em França, Olívia canta num bar, enquanto em África, Francisco tenta sobreviver. Encontram-se, anos mais tarde, no dia da Revolução do 25 de Abril.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT