Música

Cinema ao ar livre, concertos e magia: Lisboa vai estar na rua nas próximas semanas

A autarquia e a EGEAC apresentaram os principais destaques da programação. A entrada é gratuita para todos os eventos.
A programação estende-se durante mais de um mês.

O programa cultural Lisboa na Rua voltou à capital portuguesa a 13 de agosto — e prolonga-se até 27 de setembro. Os principais destaques da programação (que, como sempre, é diversa) foram apresentados esta quinta-feira, 6 de agosto, pela Câmara Municipal de Lisboa e pela EGEAC. 

A entrada é gratuita para todos os eventos e iniciativas, mas será necessário levantar bilhetes ou fazer inscrições para controlar as lotações de cada espaço. O programa abre com o Festival Política, que se realiza já entre 13 e 16 de agosto no Cinema São Jorge. O grande tema em destaque nesta edição é o ambiente e o desenvolvimento sustentável, num ano em que Lisboa é a Capital Verde Europeia.

Ainda no âmbito do ambiente, a dupla de artistas urbanos britânicos Luke Egan e Pete Hamilton vai fazer uma série de instalações em árvores, um pouco por toda a cidade, durante um mês. A iniciativa chama-se “Outro Olhar”.

Em setembro, Lisboa prepara-se para celebrar o 70.º aniversário de Jorge Palma, num concerto exclusivo que será transmitido online no Facebook da autarquia e EGEAC. O músico vai apresentar o espetáculo “70 Voltas ao Sol”, que contará com a participação dos Dead Combo, Cristina Branco e uma pequena orquestra. Vai acontecer a 12 de setembro, a partir das 21h30.

Nos primeiros dias do mesmo mês, o centenário de Amália Rodrigues continua a ser assinalado. Vai haver um ciclo de cinema com quatro filmes que têm Amália como destaque e que serão comentados ao vivo por vários convidados. Tudo vai acontecer no jardim do Museu de Lisboa — Palácio Pimenta, no Campo Grande.

No mesmo espaço, mas também no Palácio Baldaya, em Benfica, é onde vai acontecer a iniciativa “Dançar a Cidade”. Vai decorrer todos os domingos de setembro, com vários estilos de dança, ao ar livre e a solo — qualquer pessoa participar.

“Antiprincesas” é o espetáculo pensado para os miúdos que vai estar na Estufa Fria durante as manhãs e tardes de todos os fins de semana de setembro. A médica feminista Beatriz Ângelo estará em destaque numa série de histórias dramatizadas que serão contadas às crianças.

Como habitual, o festival Lisboa Soa vai ocupar vários locais da cidade com esculturas sonoras — entre 24 e 27 de setembro — e a comunidade de leitura em espaços verdes Ecotemporâneos instala-se na Quinta da Alfarrobeira para duas sessões à volta dos livros, desta vez protagonizadas por Jorge Silva Melo (29 de agosto) e Gisela João (27 de setembro).

A Orquestra Gulbenkian e os seus solistas irão dar três concertos (também de entrada gratuita) e a iniciativa Open House — onde o público pode visitar e conhecer locais da cidade que habitualmente estão fechados — vai decorrer, mas desta vez no exterior e com um programa de passeios sonoros.

O Lisboa na Rua vai ter ainda as iniciativas Cinema no Estendal (com sessões de cinema ao ar livre), Bairro em Festa (que vai ocupar a zona da Avenida Almirante Reis), FUSO, Chapéus na Rua, Noites de Verão, Formações Extraordinárias e Lisboa Mágica (para todos os fãs de magia). Consulte a programação completa no site da Cultura na Rua.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT