Música

Diogo Piçarra e Fernando Daniel animam Passagem de Ano no Porto

Os concertos acontecem no Queimódromo, onde haverá ainda um espetáculo audiovisual.
Fotografia de Porto.

O Porto dará as boas-vindas a 2023 no Queimódromo, em vez de concentrar a animação na Avenida dos Aliados, como é habitual. Esta alteração deve-se às obras no centro da cidade, mas não se preocupe porque há muitas atividades preparadas, sempre com entrada livre.

Os grandes destaques desta Passagem de Ano portuense começam logo pelas 22h30 de 31 de dezembro, com a atuação de Fernando Daniel. As portas do Queimódromo abrirão às 20 horas, de forma a que todos possam entrar antecipadamente.

Com o aproximar da meia-noite terminará também este concerto, que dará lugar à habitual contagem decrescente para o novo ano a partir das 23h55. Para assinalar esse momento, o Atelier OCUBO preparou o espetáculo audiovisual imersivo “Luminous”, que “apresenta uma instalação generativa que reage ao som e inclui pirotecnia fria, uma impactante sincronização de luz, laser e música”, como explica a autarquia no seu site.

Sem romper totalmente com a tradição, também o centro histórico da cidade vai assinalar a chegada de 2023. O habitual fogo de artifício vai ser lançado à meia-noite, desta vez na Praça da República.

Dez minutos depois, pelas 0h10, o Queimódromo volta a ganhar animação, desta vez com um concerto de Diogo Piçarra. À 1h30 o cantor dará lugar à música eletrónica de Moullinex, que animará a madrugada no recinto.

Os detalhes da programação vão sendo divulgados no site da autarquia do Porto. Enquanto espera pelo novo ano, carregue na galeria para ver como estão iluminadas este ano as ruas do Porto.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT