Música

DJ Erick Morillo: o autor de “I Like to Move It” foi encontrado morto em Miami

O músico de 49 anos — que atuou várias vezes em Portugal — foi acusado de abuso sexual no final do ano passado.
Músico tinha 49 anos.

O DJ Erick Morillo foi encontrado morto na sua casa em Miami Beach, no estado da Florida, nos Estados Unidos, esta terça-feira, 1 de setembro. A causa da morte do músico de 49 anos ainda não é conhecida.

A informação do site “TMZ” adianta que Morillo terá sido encontrado pela polícia. Esta morte acontece cerca de três semanas após o DJ ter sido detido e acusado de abuso sexual. A acusação remonta a um episódio ocorrido em dezembro de 2019. A vítima terá atuado num evento do músico e seguido depois para sua casa . Apesar de ter recusado as investidas de Erick Morillo, a vítima terá perdido os sentidos e acordado já sem roupas, tal como o famoso DJ.

“I Like to Move It” é a sua música mais famosa. Foi lançada originalmente em 1994 no projeto a solo do DJ “Reel 2 Real” mas voltou a ser um sucesso quando foi integrada na banda-sonora dos filmes “Madagáscar”. Nascido em 1971, em Nova Iorque, Morillo trabalhou ao longo dos anos como produtor. Colaborou com Whitney Houston, Basement Jaxx ou Macy Gray, por exemplo.

Em Portugal, o DJ atuou no Farol Hotel Design, em Cascais, em 2013. Dois anos depois passou pela discoteca Bliss, em Vilamoura. Atuou também três vezes no Romando Beach Club, em Vila do Conde — a mais recente no verão de 2019. Nesse mesmo período atuou ainda no Mundo Lick, no Algarve.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT