Música

Vem aí um concerto com sinfonias de Berlioz e Ravel no Teatro Tivoli

O repertório vai ser apresentado pela Orquestra Metropolitana de Lisboa, em junho, ao comando do maestro Pedro Neves.
Acontece a 17 de junho.

Criada em 1992, a Orquestra Metropolitana de Lisboa surgiu para dar a conhecer a música clássica e assim o tem feito há mais de 30 anos de atividade. A 17 de junho, apresenta-se num concerto com um repertório de grandes temas onde se inclui a emblemática “Sinfonia Fantástica” composta em 1830 por Hector Berlioz e o “Bolero” de Maurice Ravel, no Teatro Tivoli.

A primeira foi escrita durante a juventude do compositor francês num momento de paixão intensa por uma atriz inglesa e tem cinco movimentos— “Devaneios e Paixões”, “Um baile”, “Cena dos Campos”, “Marcha rumo ao cadafalso” e o “Sabá das feiticeiras”. No fundo, cada um deles retrata episódios da vida de Berlioz e da sua amada.

Em “Bolero”, a sinfonia de 1928, ficou marcada quando foi apresentada em Paris e uma mulher gritou que Ravel era louco, tendo o compositor concordado. A melodia distingue-se pelo ritmo invariável e influências espanholas de uma repetição que gradualmente junta vários instrumentos.

O evento “Bolero Fantástico”, que marca o 32.º aniversário da orquestra lisboeta a comando do maestro Pedro Neves, acontece pelas 21 horas. Os bilhetes podem ser comprados online e têm preços entre os 12€ e os 22,50€ para uma sessão de 90 minutos.

 

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT