Música

Douro Rock está de regresso com concertos de Samuel Úria e GNR

O evento vai receber ainda os The Gift, Três Tristes Tigres, NEEV e Cassete Pirata.
Os GNR celebram 40 anos de carreira.

A nova edição do Douro Rock volta a trazer a música portuguesa à Régua, desta vez na Alameda dos Capitães, na zona exterior do AUDIR – Auditório da Régua, uma mudança provocada pela pandemia.

A abertura do festival, a 11 de setembro, será feita pelos Cassete Pirata, um grupo formado por João Firmino, Margarida Campelo, Joana Espadinha, António Quintino e João Pinheiro. Segue-se Samuel Úria, que irá apresentar “Canções do Pós-Guerra”, o álbum de originais que lançou no ano passado.

A encerrar o primeiro dia do festival temos os The Gift, que trazem a sua Tour Verão à Régua, onde irão interpretar os seus maiores sucessos dos últimos 25 anos, com recurso a cenografia e iluminação pensados especialmente para o Douro Rock.

O segundo e último dia começa com Neev, o favorito do público no Festival da Canção de 2021, onde apresentou o tema “Dancing In The Stars”. O músico e compositor vai apresentar o álbum de estreia “Philosotry”, produzido por Larry Klein, que já assinou projetos para artistas como Tracy Chapman.

No dia 12 os Três Tristes Tigres regressam aos palcos. Após um hiato de 22 anos, Ana Deus e Alexandre Soares editaram “Mínima Luz”, entre o experimentalismo e a pop menos óbvia.

A fechar o último dia temos os GNR, que celebram os seus 40 anos de carreira. A preparar um concerto especial para a ocasião, Rui Reininho, Jorge Romão e Tóli César Machado trazem de volta as canções de sempre e o rock ao rio Douro.

Os bilhetes — diários e passes para os dois dias — estão à venda nos locais habituais e online. O ingresso diário custa 20€, enquanto um passe para ambos os dias fica por 35€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT