Música

Este sábado arranca a primeira semifinal do Festival da Canção

A 60.ª edição da competição vai ter 10 atuações, das quais seis passarão para a grande final marcada para 9 de março.
A primeira semifinal está marcada para este sábado.

A semifinal da 60.ª edição do Festival da Canção arranca este sábado, 24 de fevereiro, na RTP. Este ano, vão estar 20 músicos a concurso, sendo que apenas seis foram escolhidos com base nas canções que compuseram. Os restantes 14 foram convidados pela estação. No final das atuações ficaremos a conhecer seis finalistas que vão disputar a grande final do Festival da Canção, marcada para 9 de março.

Este sábado terá lugar a primeira semifinal, onde vão atuar Bispo com o tema “Casa Portuguesa”, Iolanda com “Gritou” e João Borsch com “Pelas costuras”. Perpétua interpretará “Bem Longe Daqui”, Rita Rocha “Pontos Finais” e Mila Dores “Afia a Língua”. LEFT. subirá ao palco com “Volto a Ti”, MELA com “Água”, Nena com “Teorias da Conspiração” e Noble com “Memory”.

Destes 10, apenas seis passarão para a final, que vai contar com 12 concorrentes. A votação da fase que começa esta noite será repartida, entre o público e o júri, sendo dessa forma apuradas cinco canções. A sexta canção será escolhida, mais tarde, entre as cinco não selecionadas, exclusivamente pelo público.

A votação em casa

Os resultados do público serão encontrados mediante a conversão do número de chamadas telefónicas em pontos. A mais votada receberá 12 pontos e as seguintes terão 10, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2 e 1. Estes pontos serão depois somados aos votos do júri. As cinco canções com pontuação mais alta passarão à fase seguinte.

O painel de avaliação será composto por Mimicat, Gisela João, Benjamim, Lura e Pedro Oliveira (Sétima Legião), a jornalista Lia Pereira e o escritor Miguel Esteves Cardoso.

Na próxima semana será a vez de Buba Espinho cantar “O Farol”; Cristina Clara, “Primavera”; FILIPA, “You Can’t Hide”; e Huca, “Pede Choro”. Já João Couto vai cantar “Quarto Para Um”; Leo Middea, “Doce Mistério”; Maria João, “Dia”; No Maka (Emanuel Oliveira e Duarte Carvalho) com a participação de Ana Maria irão interpretar “Aceitar”; Rita Onofre, “Criatura”; e Silk Nobre, “Change”.

“Pela primeira vez, desde a reformulação do festival. em 2017, todos os compositores vão ao palco”, afirmou Gonçalo Madail, da direção de programas da RTP, na conferência de imprensa onde foram apresentadas as canções em competição.

O Eurovision World, como já é hábito, apresentou os palpites das casas das apostas para os vencedores de cada país. A artista que surge com maior probabilidade de representar Portugal é Iolanda, com “Grito” (27 por cento). Em segundo lugar, surge “You Can’t Hide”, de Filipa (23 por cento); e em terceiro, “Casa Portuguesa”, de Bispo (14 por cento).

Os convidados para a celebração

Na comemoração dos 60 anos do evento, haverá vários convidados especiais. Um deles é António Calvário, o vencedor da primeira edição de sempre do concurso. Participou em 1964, com o tema “Oração”, e foi o primeiro representante do nosso País na Eurovisão.

Além deste, estarão presentes os apresentadores que, ao longo destas seis décadas, levaram até ao público português a diversidade inerente ao Festival da Canção. São eles: António Sala, Tânia Ribas de Oliveira, Pedro Granger, Jorge Gabriel, Catarina Furtado, José Carlos Malato, Herman José e Sónia Araújo.

A lista de convidados para a festa também inclui Paulo de Carvalho, Simone de Oliveira, Mimicat, Isaura, Selma Uamusse, Anabela, Helena Isabel, The Black Mamba, Tozé Brito, Delfins e Tó Cruz.

O vencedor do Festival da Canção 2024 irá representar Portugal na 58.ª edição da Eurovisão, que decorre nos dias 7, 9 e 11 de maio em Malmo, na Suécia. Os 20 temas já podem ser ouvidos no canal do YouTube do concurso.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT