Música

Eurovisão: o vencedor italiano estava mesmo a snifar coca em direto?

O momento foi apanhado pelas câmaras do concurso. E as redes sociais enlouqueceram.
O que é que aconteceu aqui?

São as imagens mais marcantes da Eurovisão até ao momento. Não são da atuação final dos italianos Måneskin, que venceram o concurso, mas antes um insólito momento em direto em que um dos elementos da banda parece estar a snifar cocaína diretamente da mesa em que estavam instalados durante o período em que decorriam as votações na noite de sábado, 22 de maio.

No vídeo que está a circular nas redes sociais, pode ver-se Damiano David, líder da comitiva italiana, a dobrar-se sobre a mesa num gesto que se assemelha muito ao consumo de drogas. Não é, contudo, percetível se foi mesmo isso que aconteceu, já que sobre a mesa está um objeto que não permite ver o que faz David quando se debruça.

Na conferência de imprensa após o final do concurso, o músico foi confrontado com a situação, que continua a correr nas redes sociais. Aos jornalistas, garantiu não estava a snifar cocaína, explicou que não consome drogas e que se baixou apenas porque tinha deixado cair um copo. 

Já este domingo, 23 de maio, os organizadores do evento emitiram um comunicado sobre o assunto. No documento, veiculado pela “AFP”, é referido que Damiano vai ser submetido a testes de despistagem de drogas. “O grupo rejeitou veementemente as alegações de uso de drogas e o cantor em questão será submetido a testes voluntariamente”, adiantam os organizadores da Eurovisão na referida nota.

Apesar das explicações, continua a haver muita discussão nas redes sociais sobre o que realmente terá ocorrido. A música “Zitti E Buoni” recebeu 524 pontos. A última vez que Itália tinha vencido esta competição fora em 1990. 

Recorde a atuação vencedora.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT